Início Colunistas Presidente Figueiredo desponta no cenário de Turismo de Natureza

Presidente Figueiredo desponta no cenário de Turismo de Natureza

403
2
COMPARTILHAR

O turista que chega a Manaus vai geralmente em busca da experiência de selva. Ao descer do avião no aeroporto internacional Eduardo Gomes, já consegue sentir na pele o que o destino lhe reserva. O calor úmido que vem da maior floresta tropical do mundo, “garra” no corpo. Os cheiros, sabores, rostos, tudo é muito diferente do que conhecemos, principalmente no sul e sudeste do Brasil. Em um tour pela cidade, ver o Teatro Amazonas, uma rica obra de arte construída em 1896, deixa qualquer um estarrecido. Mas os viajantes aventureiros buscam ainda mais e seguem pela BR 174 para Presidente Figueiredo, município localizado a 127 Km da capital.

A cidade das cachoeiras tem se despontado como um importante destino do turismo de natureza. Ela presenteia seus turistas com mais de cem cachoeiras de diversos tamanhos e vasões e muitas cavernas. Tudo isso emoldurado pela selva amazônica.

Cachoeira Gruta da Judeia

Presidente Figueiredo é uma localidade pequena, mas há pousadas simples e hospitaleiras e a gastronomia local é tipicamente amazônica. Os pratos têm muito peixe, farinha d’água e frutas locais. Todas as cachoeiras valem ser visitadas, mas algumas são especiais.

A principal delas é a Cachoeira do Mutum (capa), cravada no meio da mata, com banheiras naturais em meio as suas pedras (chamadas jacuzzis), onde é possível passar horas relaxando, Ao final, ainda pode-se aproveitar uma pequena prainha de areia grossa e a própria cachoeira.

A Cachoeira do Santuário, uma das mais visitadas de Presidente Figueiredo, leva o nome por haver um pequeno santuário entre as pedras próximo a uma das quedas da cachoeira, continuando pela trilha lateral entre as pedras, outras cachoeiras menores e ideais para mergulho.

Outra opção é a Cachoeira de Iracema (foto de capa) com grande lageado bem abaixo dela, é ideal para sentar e receber uma ducha para limpar o corpo e alma, e conta ainda com um grande poço formando uma piscina natural.

Cachoeira da Pedra Furada

A Cachoeira da Pedra Furada, onde as quedas d’água passam por dentro da pedra caindo pelo teto de uma gruta com areia branca, cria um espetáculo de cores prismáticas sob a luz do sol.

Há ainda a Cachoeira dos Pássaros, Gruta da Judéia, Caverna do Maroaga entre outras tantas. Uma boa programação é necessária, porque a permanência média em cada uma delas é de quatro horas.

Quem te leva: Roraima Adventures  (https://roraimaadventures.com.br)

Leia também da mesma autora São Pedro, bonita por natureza

2 COMENTÁRIOS

  1. Apenas uma correção. A foto que diz ser a cachoeira do mutum, na verdade, é a da gruta da Judéia, que faz parte do complexo espeleólogico “Caverna do Maroaga”.

Deixe uma resposta