Início Imagem Destaque Turismo náutico torna Bertioga ainda mais atraente

Turismo náutico torna Bertioga ainda mais atraente

267
0
COMPARTILHAR

Estâncias balneárias compõem a oferta farta de destinos que o Brasil tem a mostrar, de norte a sul. Quando se fala em litoral e praias do Estado de São Paulo, convém prestar atenção nos diferenciais impressionantes de Bertioga. Destino atraente, divisor de águas rumo ao norte e ao sul do litoral paulista, guarda séculos de história, tesouros em belezas naturais e um povo que sabe e gosta de receber bem.

O Bertioga Convention & Visitors Bureau revela opção de passeio ecoturístico em vídeo, resultante de um Webinar realizado com o empreendedor Bruno Guazzelli, proprietário da Jaguareguava Ecoturismo, ancorado pelo jornalista Luiz Henrique Miranda, assessor de imprensa do Visite Bertioga.

Rio especial

O rio Jaguareguava, que deságua no Itapanhaú, mostra claramente a transição do manguezal e da restinga. Bruno Guazzelli conta que o passeio de barco começa num ponto com profundidade média de 1,5 m de acordo com a maré. É solo de mangue e todo cercado pelo manguezal, no seu último quilômetro até a foz.

“Subindo em direção à nascente, logo este fundo de mangue transforma-se em areias claras. Recebe águas cristalinas que descem da cachoeira e a gente passa por várias prainhas ao longo de 3 km. Serpenteia-se restinga adentro, no Parque Estadual da Serra do Mar – núcleo Bertioga”, diz Bruno Guazzelli.

Turismo náutico torna Bertioga ainda mais atraente

Ele acrescenta que “ao longo de todo percurso, é possível notar a presença da argila cinza nas encostas e em alguns pontos do solo. Esta argila era chamada de medicinal pelos índios porque, além de usarem a mesma para utensílios como panelas e bijuterias, acreditavam que seu grande poder de sugar as coisas da pele ajudava na cura de enxaqueca, glaucoma e até picada de bichos venenosos”.

A Jaguareguava Ecoturismo recebe escolas para estudos do meio, com aulas in loco sobre toda esta transição possível de se notar no rio Jaguareguava e todo bioma que o cerca. “Ainda é possível notar a presença de muitos mamíferos e pássaros. É um local muito atraente. E com isso, sempre recebemos também fotógrafos profissionais que vêm registrar momentos incríveis da mata atlântica preservada”. Vale conferir!

Leia também Bertioga, um destino a ser descoberto

Deixe uma resposta