Início Colunistas Notícias Alvissareiras para o mercado de Turismo 2020

Notícias Alvissareiras para o mercado de Turismo 2020

273
0
COMPARTILHAR

“O Brasil é o país que tem o maior potencial no período pós-pandemia….  “. Essa afirmação é de Gilson Machado, presidente da EMBRATUR, em um pronunciamento, quando da comemoração dos 54 anos da entidade. Uma fala importante e promissora para o mercado de turismo interno, embasada nos dados do Ministério do Turismo.

Notícias Alvissareiras para o mercado de Turismo 2020

De acordo com Gilson Machado, apesar do setor ter sido fortemente afetado durante a pandemia, a recuperação do turismo no Brasil já está sendo refletida nas estatísticas. “O Brasil é o país que tem o maior potencial no período pós-pandemia. Hoje, de acordo com dados do Ministério do Turismo, já estamos com 88% do nosso fluxo de turistas internos recuperado. Poucos países do mundo podem dizer isso. Temos as nossas companhias aéreas voltando a trabalhar em torno de 80% das operações, e alguns hubs já estão 100%, como por exemplo o aeroporto de Recife, que já ultrapassou os números de 2019”.

O mercado de turismo deve comemorar, pois são méritos do nosso Turismo Interno, que tem oferta e demanda para fazer virar o jogo na retomada da economia.

Números que vislumbram um futuro promissor na retomada da economia no mercado de turismo. Números que devem assim dar aos empresários do seguimento, coragem e força para retomarem suas atividades e recuperarem seus profissionais, pois ainda temos muitos deles desempregados infelizmente.

O turismo tem 4 pilares: TRASNPORTE – HOSPEDAGEM – ALIMENTAÇÃO E ATRATIVO TURÍSTICO. Esses pilares precisam caminhar sempre juntos no mesmo tamanho, para que o Turismo não se torne uma cadeira com pé manco. São sub setores do Turismo que fazem acontecer o deslocamento e a visitação, empregam muita gente e interagem entre si, fazendo assim as Operadoras de Turismo e as Agências de viagem colocarem a roda para girar.

Hora de explorar o Turismo interno. O Turismo Internacional, nesse momento depende de outras Leis e condições, obviamente de outros países, por isso a hora é de retomada da economia com Turismo Nacional, com preços acessíveis somente assim faremos a economia funcionar.

Outro importante e animadora novidade foi confirmada por Zurab Pololikashvili, secretário-geral da entidade, em encontro com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio é que o  Primeiro escritório da Organização Mundial do Turismo nas Américas será no Brasil.

Não se trata de auto intitulação, tão pouco de notícias políticas, tratam-se de dados que devem ser usados para tomada de decisão dos empresários do setor como a lei do marketing nos ensina.

Mantenhamos todo cuidado e medidas de higiene e contenção, sem descuidar, e retornaremos mais fortes, com mais conhecimento para nossa vida normal.

Artigo de Rubens Guimarães

O autor é jornalista, administrador de empresas, tradutor interprete com MBA em Comunicação e Marketing, professor universitário – com mais de 25 anos de experiência no seguimento de Turismo, com passagem pelas principais operadoras e hotéis do Brasil – 10 anos no seguimento de entretenimento – passando pelos principais empreendimentos de entretenimento do Brasil e América do Sul, como Beto Carrero World, Beach Park, Hopi Hari,, Rio quente Resorts, Hot Park, Wet’in Wild, Parque da Xuxa, Magic City – e  8 anos como Diretor da ADIBRA – Associação das empresas de Parques de Diversão do Brasil e membro da IAAPA – International Association of Amusement Parks na Attractions.

É também proprietário da RAG – Inteligência Empresarial, Gestão e Treinamento especializada em Marketing Estratégico, como projetos realizados no Brasil e no exterior.

Leia também Setor de turismo celebra 54 anos da Embratur

Deixe uma resposta