Início Cultural Imersão pelas coloridas cidades do Marrocos

Imersão pelas coloridas cidades do Marrocos

538
0
COMPARTILHAR

Visitar o Marrocos é uma experiência avassaladora aos sentidos. Primeiro, pela riqueza de seus sons, cores e sabores. Depois, pela paisagem natural. E, não menos importante, pelas referências históricas e culturais presentes em cada canto.

O colorido e a arquitetura no Marrocos são impressionantes

Para uma viagem aos destinos mais populares, a operadora Françatur preparou o roteiro Grand Tour do Marrocos. Ele começa por Marrakech e desembarca na pulsante Praça Jemaa el-Fna, declarada Patrimônio da Humanidade.

Os turistas têm a chance de percorrer a “Cidade Vermelha” em carruagens tradicionais de 200 anos e chegar aos Jardins da Menara e ao Palácio Bahia. Assim como experimentar o Hammam, casa dos tradicionais banhos turcos.

Pavilhão Saadian dos Jardins Menara em Marrakech

Para aprender mais sobre a sopa de favas, o couscous, o tagine e o chá de menta, há aulas de culinária em casas locais.

Em Fez, dá para se perder e testar as habilidades de negociação nos souks, os agitados mercados em forma de labirinto da medina local. Ela é a maior cidade medieval do mundo islâmico ainda viva.

Mesquita de Qarawiyyin e o bairro dos curtidores também são paradas obrigatórias.

No Marrocos, você pode passar a noite no deserto

Um dos roteiros inclui passar a noite no deserto do Saara

O roteiro Beleza do Marrocos com Cidade Azul inclui a famosa Casablanca, a capital Rabat e a portuária Tanger.

Ele passa por Chefchaouen, conhecida como “Pérola Azul”. É um paraíso para os fotógrafos devido à cor de suas ruas e construções.

Depois segue por Volubilis, cidade romana repleta de ruínas e portas monumentais, que são clássicos da arquitetura do país.

Volubilis foi uma cidade romana, cujas ruínas constituem atualmente um sítio arqueológico parcialmente escavado situado no norte de Marrocos

A viagem continua pelas estradas das Montanhas dos Atlas. No local é possível passar uma noite no deserto em Erfoud e fazer um tour de dromedário. Além de andar de quadriciclo ou praticar sandboard no limite do Saara.

Em Ouarzazate, pausa para conhecer Kasbah de Taourirt, antiga residência do pachá de Marrakech. E Ait Benhaddou, cidade com construções fortificadas feitas de barro.

Ali, foram filmados longas como “A Múmia” e “Gladiador” e os sets podem ser visitados. Ainda na região, veja de perto fósseis de animais de 150 milhões de anos no Museu do Dinossauro e relaxe nos rios e na sombra das palmeiras do oásis Fint.

Deixe uma resposta