Início Ecoturismo, Aventura e Esporte Centro de Portugal é também paraíso do surfe

Centro de Portugal é também paraíso do surfe

321
0
COMPARTILHAR

Muita gente conhece o Centro de Portugal, região lusitana que fica entre Lisboa e Porto, como um destino de vilas charmosas e cidades históricas. Há algum tempo, no entanto, ela tem despontado como um paraíso do surfe, que atrai tanto amadores quando profissionais do esporte.

O primeiro motivo para isso é Nazaré, cidade litorânea localizada a 122 quilômetros da capital. Esta antiga vila de pescadores foi agraciada por um fenômeno da natureza: o Canhão da Nazaré, que é um cânion submarino que gera ondas gigantescas em uma da praias do destino, a Praia do Norte.

Os turistas que ficam entre a Praia do Norte e a Praia do Meio, exatamente ao lado, podem ver, de um lado, um mar tranquilo, e do outro, ondas que podem chegar a 30 metros.

O lado calmo da praia de Nazaré

Essas enormidades aparecem no outono e no inverno, que, no centro de Portugal, vão de setembro a março. Em 2017, o recorde de maior onda surfada no mundo foi batido em Nazaré pelo brasileiro Rodrigo Koxa.

Este fenômeno faz com que Nazaré receba várias competições de surfe anualmente, como o Nazare Challenge e etapas do Big Wave Tour, ambos da Liga Mundial de Surfe.

Nazaré é um destino para surfistas experientes e aventureiros, mas não é o único point de surfe na região. Peniche, também no centro de Portugal, mais próximo de Lisboa, a 100 quilômetros, também atrai os fãs do esporte.

A península em que esta cidade se localiza parece ter sido feita especialmente para surfistas, pois possui praias voltadas para diferentes direções. Com isso, não importa quais são os ventos do dia, em alguma delas haverá ondas excelentes.

A praia dos Supertubos, por exemplo, é famosa por suas ondas perfeitamente tubulares. O local recebe, entre os dias 16 e 28 de outubro, o Rip Curl Pro Portugal, prova do World Surf League Tour que conta com os melhores surfistas do mundo.

A Praia do Baleal é uma referência na região

A Praia do Baleal, por sua vez, é uma praia grande que, além de ser perfeita para surfar, tem uma beleza única, ou seja, é o lugar ideal para quem curte a natureza.

São muitas opções de praias para o surf

Embora Peniche e Nazaré sejam os destinos mais conhecidos entre os surfistas, o que não faltam são boas ondas por toda a costa do Centro de Portugal. Em Aveiro, por exemplo, a 75 quilômetros de Porto, está a praia da Barra, muito extensa com vários picos diferentes.

A 72 quilômetros de Aveiro está Figueira da Foz, onde ficam as praias de Buarcos, Cabedelo, Molhe Norte e Murtinheira. Mais ao sul, a praia de São Pedro de Moel é uma das mais pitorescas de Portugal, protegida do vento norte por casinhas típicas ao seu redor.

Por fim, a apenas 67 quilômetros de Lisboa, ainda no Centro de Portugal, existem diversas praias incríveis para o esporte, como a Praia de Porto Novo, a Praia do Pisão, a Praia da Física e a Praia de Santa Cruz. Há algumas vilas próximas, mas nenhuma grande cidade, o que significa que elas são pouco concorridas e muito tranquilas.

O Hotel Noah fica na praia de Santa Cruz

É ali que fica o Noah Surf House, um hotel dedicado ao mar e ao surfe. São oito quartos, 13 bangalôs e uma estrutura com jacuzzi, piscina, skate park, loja de equipamentos de surfe e restaurante na praia. Boas ondas, muito conforto, uma atmosfera positiva e experiências exclusivas fazem parte do pacote para quem se hospeda por lá.

Em frente ao hotel, a praia de Santa Cruz realiza, de 19 a 28 de julho, o Santa Cruz Ocean Spirit, um festival de esportes de onda como surfe, bodyboard, longboard, skimboard, kayaksurf, waveski e bodysurf.

É uma oportunidade não apenas para os atletas participarem e se desafiarem, mas para os amadores e amantes do esporte verem alguns dos melhores surfistas do mundo em ação.

Centro de Portugal possui natureza exuberante e aldeias históricas

A mais charmosa região portuguesa é cheia de destinos populares: Aveiro, Coimbra, Viseu, Nazaré, Óbidos, Tomar e Fátima são alguns exemplos. Suas belezas se estendem por todo o território que possui 2,3 milhões de habitantes que têm o dom de bem receber.

O Centro de Portugal possui ainda inúmeros patrimônios da UNESCO, um litoral que é um paraíso do surfe, aldeias históricas, gastronomia riquíssima, vinhos inesquecíveis e natureza exuberante, que se somam a incontáveis motivos para uma visita. Em resumo, o Centro de Portugal junta boas ondas e muita cultura. 

Leia também Vilas do Alentejo contam a história de Portugal

Deixe uma resposta