Início Ecoturismo, Aventura e Esporte Viagem de experiência para vivenciar a vida dos amazônidas

Viagem de experiência para vivenciar a vida dos amazônidas

358
0
COMPARTILHAR

Os amazônidas são cidadãos nativos ou que vivem imersos na Amazônia, rodeado de florestas e rios. Eles compõem o cenário da maior e mais importante floresta do nosso planeta.

Viagem de experiência para vivenciar a vida dos amazônidas

É uma viagem para quem está aberto a conhecer novas culturas e compreendê-las através de todos os seus sentidos. Inclusive com a alma.

São sete dias a partir da capital do estado do Amazonas, Manaus, com saída em barco subindo pelo Rio Negro. A navegação é feita pelas estradas de água que cortam a grande floresta, passando por comunidades ribeirinhas e conhecendo a realidade desse povo.

Depois de quase três dias de barco, o cheiro da floresta e do rio passam a fazer parte do corpo do viajante, que ao chegar em São Gabriel da Cachoeira, estará no coração da grande floresta.

A cidade tem seus limites entre o rio e a selva, e dá de presente ao viajante a oportunidade de conhecer um “mundo único”, convivendo com comunidades indígenas como os Tuyucas, Dokapuara, Tukano, Wanano, Cubeu, Siriano e Desana, e com eles, a descoberta dos sabores e dos saberes como os da ervas medicinais, construção de canoas, confecção de cestos, e conhecer, através das danças e músicas, a cultura de nossos irmãos verdadeiros donos da terra chamada “brasilis”.

No retorno, no oitavo dia, de avião para Manaus, o viajante certamente trará na bagagem o entendimento da simplicidade, humildade e do orgulho que os amazônidas têm e do seu respeito pela grande mãe que é a Amazônia. Além, é claro, de muitos artesanatos e da saudades que vai ficar no coração.

Quem leva os viajantes para essa vivência é a Roraima Adventures. A operadora da Amazônia Brasileira já tem datas previstas para as viagens de 2021.

Para saber mais acesse: roraimaadventures.com.br
Leia também da mesma autora Na Serra do Tepequém, a natureza retomou seu lugar

Deixe uma resposta