Início Agências de Viagem e TMCs Rede Afro Turismo integra Brasil e África

Rede Afro Turismo integra Brasil e África

1594
0
COMPARTILHAR

De olho no crescimento do mercado brasileiro de turismo, empresas aéreas, agências e operadoras turísticas se reuniram em São Paulo no dia 18 de fevereiro, para lançar a Rede Afro Turismo.

O evento aconteceu no InovaBra – Habitat e contou com representações diplomáticas de países africanos, de companhias aéreas, além de executivos do setor e autoridades dos governos. Entre as atrações culturais, esteve presente o maior nome da música pop Angolana, o músico e empresário Dog Murras.

A consolidação do mercado interno e expansão de voos e roteiros para África são os objetivos da Rede Afro Turismo. Focada na promoção de destinos e roteiros de experiência cultural, a Rede Afro Turismo se dedicará a analisar o mercado para fomentar parcerias comerciais. O objetivo principal é o fortalecimento do intercâmbio e do turismo entre Brasil e África.

Os dados do mercado indicam o crescimento de 74% no número de turistas brasileiros em visita à África do Sul. Os dados são do órgão oficial de turismo do País, relativos a 2017.

No Brasil, o Afro Turismo se consolida como segmento no setor desde 2016. Foi nesse ano que começaram a surgir agências e empresas especializadas em roteiros e experiências com foco na cultura negra

A aposta das empresas é aliar representatividade e autenticidade de serviços e produtos para conquistar o mercado de 40 milhões de novos consumidores que chegam ao setor de turismo até 2022, de acordo com o Ministério do Turismo.

Rede Afro Turismo aposta na segmentação

A segmentação de mercado no turismo é uma tendência liderada pelos EUA. Desde 2014, o Black Travel Movement gera mais de US$ 48 bilhões com produtos para o público afro-americano. Os dados são da consultoria americana Mandala Research. Segundo os especialistas, o resultado indica o segmento como uma dos públicos mais valiosos para o mercado de turismo.

“O objetivo é articular os atores desse setor no Brasil. E, dessa forma, estruturar ações de fomento, de promoção e diversificação de produtos. É um estímulo ao ecossistema e uma forma de fomentar no setor a promoção da cultura negra, cujas manifestações têm grande relevância para o turismo nacional”, explica Carlos Humberto Silva, CEO da Diaspora.Black, plataforma on-line de hospedagens e roteiros focados na cultura negra.

Negócio de impacto social acelerado pela Artemisia e Facebook na Estação Hack, a Diaspora.Black é uma das idealizadoras da Rede Afro Turismo, ao lado das agências Bernatur, que atua há mais de 15 anos no setor, e da Rota da Liberdade, que promove roteiros de valorização da cultura negra em São Paulo.

No lançamento da rede teve show do músico e empresário Dog Murras. Um dos mais influentes rappers angolanos da atualidade. Ele é empresário e atua em projetos de impacto social no país africano.

Entre os palestrantes, representantes do escritório de turismo da África do Sul, South African Tourism. Além de autoridades dos consulados de Angola e outros países. A programação também incluiu a participação de pesquisadores e representantes das secretarias estadual e municipal de turismo.

Leia também: Air Europa inclui Tunísia na rota dos brasileiros

Deixe uma resposta