Início Ecoturismo, Aventura e Esporte Pesca esportiva cresce no país

Pesca esportiva cresce no país

252
0
COMPARTILHAR

Com foco na preservação ambiental, muitos estados do Brasil passaram a proibir a pesca amadora. Nesses locais, fica permitida apenas a modalidade esportiva, conhecida popularmente como “pesca e solta”. Com isso, o número de adeptos desse esporte tem crescido vertiginosamente no país.

Com status de esporte, reconhecido pelo Ministério do Esporte em 2018, movimenta hoje uma grande cadeia produtiva que vai desde equipamentos de pesca a barcos, moda própria e, lógico, turismo. Em 2014, esse ramo movimentou cerca de R$ 1 bilhão e vem crescendo trinta por cento ao ano.

Pesca esportiva cresce no país
A procura pela modalidade esportiva fez aumentar a demanda por equipamentos e roupas especiais

O Estado do Mato Grosso do Sul terá em 2020 seu primeiro ano quando só será permitida apenas a pesca esportiva. Inicialmente, será por um período de cinco anos.

Mesmo com essa proibição, os proprietários de barcos e hotéis de pesca não parecem apreensivos. E eles têm razão: os números relativos a esses esportistas subiram de quatro milhões em 2009, para mais de dez milhões em 2019.

A chamada “cota zero” resguardará a reprodução de diversas espécies de peixes como o dourado, o mais fisgado no Pantanal, entre outras. Isso garantirá uma boa safra de peixes nos próximos anos e, claro, a satisfação do pescador: a emoção da pescaria.

A pesca esportiva traz também uma nova tendência. Onde antes a pescaria era um programa quase que exclusivamente masculino, agora reúne famílias em torno do esporte.

A navegação é feita em barcos de alto nível

Os rios Paraguaia e Miranda são muito procurados. Há barcos-hotéis e hotéis confortáveis, equipados, com pensão completa e com serviços de apoio à pesca, como botes e piloteiros.

Para quem prefere ficar embarcado, a dica são os barcos da Joice Pesca e Tur, com embarcações de padrão A e com diversos roteiros.

Lontra Pantanal Hotel

Quem prefere dormir em terra firme, o Lontra Pantanal Hotel, à beira do rio Miranda, tem acomodações individuais, para grupos e famílias, com piscina e muito charme.

Leia também Pantanal do Mato Grosso do Sul: destino top da pesca esportiva

Deixe uma resposta