Início Entidades de Classe Parceria leva energia solar para hoteleiros de Minas

Parceria leva energia solar para hoteleiros de Minas

608
0
COMPARTILHAR

A ABIH-MG (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Minas Gerais) assinou no final de outubro um acordo com a Cemig Geração Distribuída (GD) e a Mori Energia Solar para a implementação de sistema de captação de energia solar nos hotéis associados.

A rede hoteleira já percebeu a importância de adotar práticas cada vez mais sustentáveis para o futuro da atividade no estado, como a utilização de fontes de energias renováveis que garante mais eficiência e geram menor impacto ambiental.

A busca por fontes de energias renováveis por empresas do estado tem aumentado, como mostra a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Segundo a entidade, no ano passado o número de instalações de sistemas de captação de energia solar em Minas cresceu 118,61%.

Além do impacto ambiental positivo, os associados que fizerem a adesão ao programa irão reduzir significativamente os seus custos com energia. Ivo Pitanguy, diretor de novos negócios da Mori Energia Solar, afirma que a economia obtida através desta redução pode ser usada, por exemplo, para fomentar o mercado local.

“Temos observado que a economia gerada pelos nossos clientes tem ajudado na expansão de seus negócios e, principalmente, no desenvolvimento do mercado local”, esclarece Pitanguy.

“A tarifa de energia impacta em 10% a 20% nos custos do hotel. Reduzir este percentual permite ao empreendedor um investimento no próprio setor, em maquinário, pessoal, treinamentos e marketing, reaquecendo a economia local”, diz o diretor da Mori Energia Solar.

Minas é a melhor estado para captação de energia solar

O estado está localizado no cinturão solar, uma faixa onde há a maior incidência de raios solares do país, e de acordo com o presidente da ABIH-MG, Guilherme Sanson, apostar neste tipo de energia renovável é cuidar do futuro da atividade econômica.

“Apesar da atenção com a ecologia no país ser embrionária, estamos percebendo um movimento de consciência ambiental no setor e em nossos hóspedes, e dar a possibilidade dos hotéis produzirem a própria energia, de forma limpa e renovável, diminuindo a emissão de poluentes, é um investimento no futuro dos empreendimentos com responsabilidade social e ambiental”, afirmou Sanson.

Entenda o acordo

Um dos benefícios do projeto é que a assinatura e anuência não implica investimentos para o associado, já que o programa funciona pelo sistema de cotas.

O interessado obtém uma cota das fazendas solares, durante um período estipulado por contrato, no qual poderá produzir a própria energia, adquirindo, assim, a economia na tarifa de luz.  A proposta inclui o uso de painéis para a captação de energia solar, gerando uma redução de 13% a 22% na tarifa.

De acordo com João Paulo Dionísio Campos, diretor comercial da Cemig SIM, a distribuição da energia será feita pelas redes já existentes. “A Cemig SIM e a Mori possuem as fazendas e o associado por meio da adesão ao contrato, passa a ter direito, no tempo estipulado pelo documento, a uma cota da usina para a geração da própria energia e a obtenção desse desconto na conta de luz”, explicou.

Hotéis mostram interesse em adesão

Entre os hotéis que já sinalizaram interesse no programa, está o Ramada Encore Virgínia Luxemburgo. De acordo com a gerente-geral do hotel, Pollyanna Campos Mendes de Sousa, a proposta de adesão ao sistema de energia encaixa nas necessidades de otimizar as despesas em virtude do impacto do custo de energia.

“A hotelaria sofreu muito em 2014 e oportunidades como essa são bem-vindas, pois nos possibilitam diminuir os custos e aumentar as receitas, além de podermos contar com a credibilidade da Cemig junto à associação”, afirmou.

Pollyanna destaca também a possibilidade de reinvestimento no setor a partir da economia feita pelo acordo, movimentando a economia local. “O aumento nos resultados da empresa vai possibilitar o reinvestimento no setor o que é muito positivo”, finaliza.

Leia também Setor hoteleiro terá-energia elétrica mais barata

Deixe uma resposta