Início Eventos Love is GREAT apoia iniciativas LGBTI+ no Brasil

Love is GREAT apoia iniciativas LGBTI+ no Brasil

491
0
COMPARTILHAR

O VisitBritain, a organização oficial encarregada da promoção do turismo da Grã-Bretanha, juntamente com sua representação diplomática no Brasil, voltam a realizar a campanha “Love is GREAT” em 2019. As atividades incluem o festival Love Noronha, que ocorrerá de 15 a 18 de agosto em Fernando de Noronha (PE).

O objetivo da campanha é apoiar ações brasileiras que têm como foco reivindicar direitos e dar visibilidade às pessoas homossexuais, bissexuais, transexuais, transgênero e intersexo (LGBTI+).

Realizado pelo Grupo Metrópole, da empresária pernambucana Maria do Céu, o festival envolve música, turismo ecológico, cultura, gastronomia e festas. Além de outras atividades para o público LGBTI+ que visitar o arquipélago durante o evento.

A “Love is GREAT” irá apoiar times de futebol e vôlei

Entre setembro e novembro, a marca “Love is GREAT” irá apoiar os times de futebol e vôlei da equipe paulista Unicorns Brazil na sua campanha pelos títulos da 1ª True Colors Cup, em São Paulo (7 e 8 de setembro).

Love is GREAT apoia iniciativas LGBTI+ no Brasil

Este será o primeiro campeonato poliesportivo LGBTI+ do Brasil, do qual a marca também será apoiadora. O evento contará inicialmente com jogos de vôlei e futebol, reunindo 28 times de ambas as modalidades.

A marca também apoiará a equipe paulista na 4ª edição do campeonato de futebol Champions Ligay O evento será realizado em Belo Horizonte (15 a 17 de novembro).

Em 5 de outubro, a marca será apoiadora outro evento, produzido pela Viaja Bi!, em São Paulo. A agência promove viagens com foco no público LGBTI+.

A última atividade da campanha acontecerá em Porto Alegre, em 24 de novembro. O encerramento será parecido como ocorreu no ano passado em Belo Horizonte, Recife e Rio de Janeiro. Desta vez, a marca “Love is GREAT” estará presente na capital gaúcha durante a 23ª Parada Livre.

Love is GREAT apoia iniciativas LGBTI+ no Brasil

“A diversidade é tão importante para o Reino Unido que, em parceria com a Argentina, recentemente assumimos a co-presidência da Coalizão de Direitos Igualitários (Equal Rights Coalition – ERC – em inglês). Vamos trabalhar ao lado de outros 42 países visando a igualdade para a comunidade LGBTI+”, comenta o embaixador do Reino Unido no Brasil, Vijay Rangarajan.

Segundo ele, a prova desse compromisso de longo prazo é a continuidade da campanha ‘Love Is GREAT’. Pelo segundo ano consecutivo, ela é realizada junto às outras embaixadas e consulados britânicos das Américas.

“No Brasil, teremos atividades de Fernando de Noronha a Porto Alegre, ou seja, literalmente de norte a sul do país. Queremos reforçar a abertura do povo britânico à diversidade e à liberdade”, complementou o embaixador do Reino Unido no Brasil, Vijay Rangarajan.

Paul Gauger, vice-presidente executivo do VisitBritain para as Américas, acrescenta: “Dar visibilidade ao Reino Unido durante atividades da comunidade LGBTI+ é uma maneira de enfatizar as qualidades acolhedoras e inclusivas do país para que todas as pessoas possam visitá-lo e apreciá-lo”

“Se você gosta do inesperado e das descobertas, a campanha ‘Love Is GREAT’ expõe as possibilidades no Reino Unido de diversão, amor, cultura e muito mais”, completou.

Reino Unido e os direitos LGBTI+

Love is GREAT apoia iniciativas LGBTI+ no Brasil

O Reino Unido é reconhecido pela ILGA-Europa como um dos países mais progressistas do mundo para os direitos LGBTI+. É considerado um destino amigável para todas as pessoas, independente da sua orientação sexual ou identidade de gênero.

O país é um dos destinos turísticos populares entre os brasileiros. Só em 2018, em torno de 240 mil turistas do Brasil visitaram o Reino Unido. O número deve crescer em 2019 com os novos voos da Norwegian, ligando Londres ao Rio de Janeiro.

O Reino Unido tem parcerias civis há mais de uma década. O casamento igualitário tornou-se legal em 2014 na Inglaterra, no País de Gales e na Escócia. Recentemente, o Parlamento britânico aprovou a liberalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo na Irlanda do Norte. Em 2002, casais do mesmo sexo receberam direitos iguais para adoção.

Desde 2005, as pessoas transexuais podem mudar seu gênero legalmente no Reino Unido. Elas adquirem uma nova certidão de nascimento e têm garantindo o reconhecimento legal completo de seu novo sexo adquirido.

Um dos principais objetivos do Fundo Magna Carta dos Direitos Humanos e Democracia, gerido pelo Ministério das Relações Exteriores britânico, bem como para todo o Reino Unido e países membros da Commonwealth, é o aumento do respeito à igualdade e à não-discriminação para todos os membros da sociedade.

Campanha Love Is GREAT

Love is GREAT apoia iniciativas LGBTI+ no Brasil

O VisitBritain, agência nacional de turismo do Reino Unido, lançou a campanha “Love is GREAT” em 2014. O objetivo é celebrar a nova lei de casamento entre pessoas do mesmo sexo na Inglaterra, no País de Gales e na Escócia.

A campanha destaca a Grã-Bretanha como uma escolha de férias abrangente para visitantes LGBTI+. São experiências diferentes – de férias nas cidades a fugas no campo – que são facilmente acessíveis e abertas a todos. Independentemente do seu gênero e sua sexualidade.

Dados mostram a importância do público LGBTI+

Em 2018, foram registradas 240 mil visitas do Brasil ao Reino Unido, o que superou as previsões. Os visitantes do Brasil gastaram £ 215 milhões no Reino Unido durante este período. Isso é o equivalente a dois milhões de diárias de hotel. É esperado um crescimento para 2019, com previsão de 252 mil chegadas brasileiras ao país.

Os novos voos da Norwegian, alinhados com mais tarifas promocionais no mercado, devido ao aumento da concorrência nas rotas entre o Brasil e o Reino Unido, devem impulsionar esse crescimento.

Globalmente, o Reino Unido acolheu 37,9 milhões de visitas do exterior em 2018. A contribuição geral para a economia do Reino Unido foi de £ 22,9 bilhões. Cerca de 266,1 milhões de diárias de hotel.

Leia também LGBT: o nicho turístico que movimenta R$845-bilhões ao ano

Deixe uma resposta