Início Colunistas Litoral Norte de São Paulo cria circuito turístico

Litoral Norte de São Paulo cria circuito turístico

484
0
COMPARTILHAR

O Consórcio Turístico Intermunicipal do Litoral Norte, composto pelas cidades de Bertioga, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba, realizou no dia 31 de outubro seu primeiro Encontro Circuito Litoral Norte, na Praça de Eventos de São Sebastião.

Entre os presentes o presidente do Consórcio Turístico e prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, o secretário Executivo de Turismo do Estado, Marcelo Costa, o prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Júnior, a prefeita de Ilhabela, Maria das Graças Ferreira, o secretário de Turismo de Ubatuba, Potiguara do Lago, a secretária de Turismo de São Sebastião, Adriana, a secretária de Turismo de Ilhabela, Bianca Colepicolo, Cristian Bota.

Também estiveram no evento o secretário de Turismo de Caraguatatuba, Ney Rocha, o secretário de Turismo de Bertioga, o secretário Executivo do Circuito Litoral Norte, Gustavo Monteiro, o cacique Adolfo, indígena guarani da tribo Boraceia, entre outras autoridades e agentes públicos.

Empresários, jornalistas e agências locais de turismo puderam conhecer alguns dos expressivos resultados do trabalho do Consórcio. Receberam também orientações para ações positivas apresentadas pelos convidados palestrantes.

Para o secretário Marcelo Costa, é de extrema importância estruturar os destinos para o bem receber.

“O turismo representa 10% do PIB do Estado. É um segmento extremamente relevante para nós, gerando mais de 3 milhões de empregos. E, nessa região do Litoral Norte, onde já existe uma beleza natural sem preço, é preciso aproveitar essas oportunidades para organizar o setor. Vamos criar cenários favoráveis a partir de modelos modernos de fazer gestão, como é o caso do Circuito Litoral Norte”, refletiu Costa.

Entre os resultados já obtidos está o repasse da verba do Ministério de Turismo através do programa Investe Turismo. A rota “São Paulo e Litoral Norte” será uma das contempladas no Sudeste e a única no Estado.

Ubatuba

O Consórcio do Circuito do Litoral Norte receberá ações organizadas em quatro linhas de trabalho. Elas vão desde o fortalecimento da governança, por meio de uma agenda estratégica entre setor público e privado; a melhoria dos serviços e atrativos turísticos, com foco especial nas micro e pequenas empresas; fortalecimento do marketing e apoio à comercialização, por meio de campanhas, produção de inteligência mercadológica e participação em eventos estratégicos; e ações para atração de investimentos e o apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento.

O trabalho integrado trará desenvolvimento e geração de recursos para todos os municípios envolvidos. O fato é ainda mais importante nesse momento em que poderão ser perdidos duzentos e cinquenta milhões anuais de royalties “do petróleo”, caso seja aprovada nova lei pelo Congresso Nacional.

Ilhabela

Palestrantes do Encontro Circuito Litoral Norte

Toni Sando – O Presidente do UNEDESTINOS (União Nacional de Conventions & Visitors Bureau e Entidades de Destinos) abordou a importância do acolhimento ao turista. Ele ressaltou que todos os setores devem estar envolvidos, inclusive pelos moradores locais. Sando destacou também a necessidade da criação de um calendário de eventos para não depender somente da sazonalidade.

SEBRAE – Através dos representantes do escritório de São José do Campos, a entidade apresentou o vasto leque de capacitações e as possibilidades de rodadas de negócios, que em breve devem se iniciar para o trade de todos os municípios do Circuito.

Decolar – A plataforma de venda de produtos de turismo de lazer, uma das de maior destaque no mercado, apresentou as possibilidades dessa ferramenta.

Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo – Falou sobre o mapa de turismo estadual e a importância dos modais de transporte para o segmento.

Aristides Cury – O Presidente do SKAL Internacional São Paulo apresentou o tema turismo como objeto de desejo, marketing do setor e das estâncias turísticas de São Paulo e da APRECESP. Na sua explanação contou com a parceria de Patricia Servilha, 2ª vice-presidente do Skal e blogueira.

Leia também da mesma autora Pantanal do Mato Grosso do Sul: destino top da pesca esportiva

Deixe uma resposta