Início Eventos Hopi Night Atlântida traz toques de mitologia para as noites do País...

Hopi Night Atlântida traz toques de mitologia para as noites do País Mais Divertido do Mundo

121
0
COMPARTILHAR

O Parque Temático Hopi Hari já está recebendo os visitantes para a Hopi Night Atlântida. O País Mais Divertido do Mundo traz um espetáculo a céu aberto com música eletrônica, convidando todos a mergulharem de cabeça na história perdida de Atlântida.

Hopi Night Atlântida traz toques de mitologia para as noites do País Mais Divertido do Mundo

A programação segue até 12 de junho. Vale lembrar que, durante este período, a programação diurna segue normalmente.

Ao submergir neste fantástico mundo de sonhos, cuja música é o elemento principal de conexão, o público conhecerá a jornada da Tribo do Sol, o único povo restante na Terra. Isso porque a extrema poluição dos oceanos incitou a fúria do deus Poseidon, que se vingou fazendo a água tomar conta de tudo.

É aí que aparecem os protagonistas: a guerreira Anaya, que quer evitar o colapso de seus semelhantes a todo custo; e Darion, um menino que foi encontrado próximo ao mar e acolhido pela tribo.

Darion, ao tornar-se adulto, foi incumbido de atravessar os oceanos em busca de caça e de paz. Entretanto, no meio do caminho, ele começa a ter pistas sobre sua origem e, através da raiva de Poseidon, foi engolido pelas águas, indo parar em Atlântida. Perplexo com o que vê, ele acaba caindo nas garras de Caríbdis, um ser que representa todo o lixo da humanidade.

Distante dali, na Tribo do Sol, Anaya percebe que Darion não vai voltar e sai em busca dele pelos reinos líquidos, ficando cara a cara com o grande deus do mar. O destino de Darion, de sua tribo e do resto do mundo está nas mãos dessa guerreira que traz à tona, nesta vivência, o poder da união.

Contudo, quem pensa que o propósito da temporada termina por aí, está enganado. Utilizando-se do lúdico para pensar a realidade, o Hopi Night tem buscado assuntos que possam ser abordados também pelo aspecto educativo.

O diretor artístico do Parque, Rogério Barbatti, explica: “No caso de Atlântida, fala-se sobre o mau trato com o lixo, que prejudica não só as águas, mas impacta o solo, o ar e todos os seres. Entramos nesse assunto de forma sutil, com dinamismo e diversão. E, assim, esperamos contribuir um pouco com o despertar de uma mentalidade mais consciente sobre nosso efeito, enquanto humanos, nos ambientes em que convivemos”.

Em paralelo à narrativa fictícia, este Hopi Night tem um significado especial à parte. “O tema Atlântida era o que havíamos escolhido para a temporada em 2020, que não aconteceu por causa da pandemia. Realizar essa atração este ano é a concretização de um sonho para todos nós. De um lado, a história traz a mensagem da importância da união para salvar o planeta. Do outro, depois de dois anos, estaremos celebrando a nossa união, logo após os nossos esforços coletivos pela saúde do mundo”, comenta Barbatti.

Programação

Mesmo que o evento temático principal da temporada aconteça à noite, no País Mais Divertido do Mundo, a diversão começa cedo. São mais de 40 atrações para aproveitar ao longo dia, junto com uma grade de apresentações que acontecem em diversas regiões do Parque.

Em Wild West, por exemplo, há o espetáculo O Forasteiro exclusivamente para quem for almoçar no Saloon, com sessões às 13h30 e 14h30. Em Infantasia, no Klapi Klapi Show, haverá sempre um espetáculo para a criançada durante à tarde.

A peça Alice de Volta ao País Mais Divertido do Mundo, que já estava em cartaz na temporada de Verão, continua no Theatro de Kaminda, em Kaminda Mundi, a partir das 16h. Com um enredo inspirado em Alice no País das Maravilhas, clássico conto de Lewis Caroll, o espetáculo busca reacender nos corações a importância de sonhar.

Por fim, às 18h30, as atenções se voltam para o palco situado entre as regiões de Infantasia e Wild West. A imersão começa com a apresentação das primeiras cenas da história. São coreografias, efeitos especiais e uma cenografia desenvolvida especialmente para a ocasião.

Depois, os DJ’s residentes Marcos Thorpe e Igor Mezaki, surgem em meio aos personagens e, com suas habilidades musicais, ajudam a contar o restante desta aventura até 20h30.

Funcionamento

Com a entrada da nova temporada, o Parque passa a funcionar das 11h às 20h30. Porém, as atrações estão sujeitas a alterações, então o recomendado é que o visitante consulte o cronograma logo na entrada do País Mais Divertido do Mundo.

O Hopi Hari ressalta que não se responsabiliza por ‘Passaportis’ adquiridos fora de seus canais oficiais de vendas.

Leia também História de Hopi Hari vira tema de livro

Deixe uma resposta