Início Destaque Como é Nova York vista do alto

Como é Nova York vista do alto

211
0
COMPARTILHAR

Com a abertura do Edge – um novo deque de observação em Hudson Yards – junto com a repaginação do Empire State Building e uma lista de novas atrações e experiências clássicas, pode-se dizer que nunca houve um melhor momento para ver Nova York do alto.

Nos cinco distritos, os visitantes podem conferir vistas de tirar o fôlego combinadas com arte de classe mundial, fazendas urbanas, compras e coquetéis muito bem elaborados. A seguir, segue uma lista dos melhores lugares para admirar Nova York de cima.

Arranha-céus

Como é Nova York vista do alto  

O Edge (Hudson Yards), o mais alto deque de observação do Ocidente, tem uma altura recorde de 344 metros. Os visitantes poderão desfrutar vistas panorâmicas do rio Hudson e da paisagem urbana de Nova York. O local possui piso de vidro. Espaços internos nos 100º e 101º andares contarão com bares, restaurantes e área para eventos. Para aproveitar a visita da região, suba as escadas de bronze em espiral do Vessel, um marco na praça de Hudson Yards.

Como é Nova York vista do alto

Completamente remodelado, o Empire State Building ganhou um museu interativo no segundo andar e um observatório renovado no 102º andar, com uma vista 360º proporcionada por uma grande janela que vai do chão ao teto. Outra novidade é o NYC: Above & Beyond, uma experiência interativa que ajuda os viajantes a planejar suas aventuras nos cinco distritos. A iniciativa foi implementada em parceria com a NYC & Company.

Como é Nova York vista do alto

Celebrando seu quinto aniversário em 2020, o One World Observatory se orgulha das vistas do mais alto edifício no hemisfério ocidental, posto que manterá até a inauguração do Edge. Três níveis de janelas que vão do chão ao teto, um café, um bar, passeios interativos guiados e muito mais fazem com que a experiência seja imperdível.

Com mirantes em três níveis distintos, o Top of the Rock Observation Deck oferece vistas de 360º da cidade. Entre elas, o Central Park. Poucos andares abaixo, o Bar SixtyFive conta com opções saborosas para jantar com belas paisagens e um menu sazonal.

Cultura em Nova York

A High Line é uma passarela elevada com 2,2 quilômetros de extensão que percorre a parte oeste de Manhattan. Ela foi erguida sobre uma antiga linha de trem. O trecho mais recente, conhecido como High Line Plinth, exibe obras de arte distribuídas em meio a uma vista estonteante, incluindo Brick House, de Simone Leigh, em exposição até 20 de setembro.

O The Metropolitan Museum of Art celebra seu 150º aniversário neste ano. Após visitar as British Galleries, vá para o terraço que também possui obras de arte e vistas esplêndidas do Central Park. A sucursal deste icônico museu – o The Met Cloisters – foca em obras da Idade Média em um monastério de estilo francês sobre o Fort Tryon Park. Ele conta ainda com belas vistas do rio Hudson, do parque e do bairro de Inwood, no extremo norte de Manhattan.

O New Museum fica localizado em Bowery. A dica é apreciar arte contemporânea e vistas de Lower Manhattan, aproveitando o terraço e as amplas janelas que vão do chão até o teto do Sky Room. Como o Sky Room não abre durante a semana, a dica é ir até os bares e restaurantes de hotéis da região para ‘comes e bebes’ após uma visita ao museu: Roof at Public Hotel, cloudM (citizenM New York Bowery) e Last Light (Sister City).

Como é Nova York vista do alto

No Riverside Church Bell Tower, o público pode conhecer de perto o mais alto campanário da América do Norte. Ele possui vistas panorâmicas da cidade e uma visita à histórica igreja Morningside Heights.

O Whitney Museum of American Art possui mais de 1.200 metros quadrados de espaço para exposições e terraços. Contemple o rio Hudson, o High Line e o Meatpacking District e aproveite para apreciar também o World Trade Center.

Drinques com vista

Dê uma olhada no Harriet’s Rooftop, que fica no 1 Hotel Brooklyn Bridge. Ali você poderá provar coquetéis e uma gastronomia criativa. Além de contar com uma piscina no rooftop e vistas impagáveis de Lower Manhattan e da Brooklyn Bridge.

Para curtir um rooftop com sofisticação, visite os melhores bares e restaurantes de Williamsburg. Há vários deles que ficam a menos de cinco minutos de caminhada um do outro: Lemon’s no Wythe Hotel; The Roof no Williamsburg Hotel; Summerly no The Hoxton, Williamsburg; e Westlight no William Vale.

Várias opções para apreciar um pôr do sol de cair o queixo – com belas vistas de East River, Manhattan e Queensboro Bridge – esperam o turista de visita a Long Island City, Queens. A região conta com locais como o bar rooftop do Boro Hotel e o Savanna Rooftop (Z NYC Hotel), possibilitando contemplar a cidade de cima.

Para uma experiência única, vale visitar o TWA Hotel, no JFK Airport, no Queens. A piscina infinity e o bar no rooftop possibilitam que os visitantes vejam aviões decolando e aterrissando na pista vizinha. A piscina é aquecida, fazendo com que nadar seja sempre um deleite, o ano todo.

O que não faltam em Manhattan são opções de gastronomia e rooftops impressionantes. Algumas novidades vibrantes são: o Equinox Hotel Hudson Yards, com um terraço aberto no restaurante Eletric Lemon (foto acima) onde os hóspedes podem aproveitar uma piscina de frente para o Vessel; o Hendricks Rooftop no Hotel Hendricks, que inclui espaços abertos e cobertos para coquetéis; o Manhatta, um restaurante no 60º andar comandado por Danny Meyer no Financial District; e o rooftop Moxy East Village, um espaço relaxante com decoração eclética a ser inaugurado ainda no primeiro semestre.

Para os viciados em compras

O Empire Outlets – único destino de compras de outlets em Nova York – oferece vistas incríveis de Lower Manhattan, a partir de um espaço multinível e com um terraço sustentável em St. George, Staten Island.

The Shops at Hudson Yards, um dos lugares mais badalados da cidade, conta com vistas impagáveis de locais como Vessel, Shed e da praça que fica em frente à loja de departamentos Neiman Marcus. Não deixe de conferir também a vista a partir dos outros restaurantes, em especial os que ficam no quinto e sexto andar do prédio.

Integrando o projeto de renovação da Saks Fifth Avenue orçado em US$ 250 milhões, o L’Avenue serve um menu parisiense em um ambiente de dois andares, com uma vista da St. Patrick’s Cathedral e do Rockefeller Center.

Recém-inaugurada, a Nordstrom NYC Flagship, situada na Broadway com a 57th Street, oferece sete pisos de vestuário, produtos de beleza, itens para casa, restaurantes, cafés e bares. Pegue uma bebida no Broadway Bar e aproveite a vista da Broadway, depois das compras.

Se o assunto for compras, gastronomia ou mesmo jazz, os visitantes devem conhecer o The Shops at Columbus Circle. O quarto andar conta com restaurantes que levam a chancela Michelin e oferecem vistas estonteantes de Columbus Circle e da região sudoeste do Central Park.

Vistas verdes em Nova York

As fazendas urbanas do Brooklyn Grange, localizadas em Brooklyn Navy Yard, Sunset Park (ambas no Brooklyn) e em Long Island City (Queens) oferecem aos visitantes mercados com verduras, legumes e frutas de produtores locais, workshops, aulas de ioga e muito mais.

Aberta de maio a outubro, a Governors Island disponibiliza um retiro natural para fugir da agitação da cidade, a somente 7 minutos de ferry, com partida do Battery Maritime Building. Escale as pequenas colinas da ilha para desfrutar as vistas da Estátua da Liberdade e de Lower Manhattan.

Um dos primeiros espaços “verdes” da cidade é o Green-Wood Cemetery, que oferece programação e passeios com belas vistas do porto de Nova York e de Lower Manhattan, apreciadas de Sunset Park (Brooklyn). Procure a escultura em bronze de Minerva que cumprimenta a Estátua da Liberdade do outro lado do porto.

O Javits Center se orgulha de seu terraço verde com 280 metros quadrados, que inclui jardins, produção de mel e até mesmo abelhas. É uma das melhores vistas que a cidade oferece de Hudson Yards. Além dos passeios disponíveis, o espaço é um bom exemplo de sustentabilidade em Nova York.

Um dos locais mais icônicos de Nova York, o Statue of Liberty Museum merece uma visita ao acervo e ao terraço verde, que oferece uma ótima vista de Lower Manhattan e de Liberty Island, incluindo, claro, a Estátua da Liberdade.

Para os aventureiros

Para quem busca adrenalina, o Bronx Zoo Treetop Adventure Climb & Zipline merece ser explorado. Essa experiência única transporta os visitantes para fora da selva de concreto, seja fazendo arvorismo ou tirolesa sobre o Bronx River.

Com preço idêntico a um passe de metrô, o Roosevelt Island Tramway oferece vistas espetaculares de Manhattan e do Queens, quando os passageiros emergem da cidade e depois vão embora pelo East River para chegar a Roosevelt Island.

O parque de diversões mais famoso de Coney Island – o Luna Park – tem passeios para viajantes de todas as idades e níveis de adrenalina. Há novidades previstas para 2020, como arvorismo e tirolesa. Seja na Wonder Wheel ou na montanha-russa Cyclone, tente ficar de olhos bem abertos para ver o Oceano Atlântico e o Brooklyn lá de cima.

Para os amantes da boa mesa, os cinco distritos contam com incontáveis opções de restaurantes. O Queens – o distrito que reúne a maior diversidade – é conhecido por sua criativa feira globalizada. Utilize a linha 7 do metrô, conhecida como “International Express”, para aproveitar a paisagem urbana, bem como as atrações culturais e gastronômicas.

Ponto natural mais alto de Nova York, o Todt Hill em Staten Island é acessível pela Linha Amarela do Greenbelt – uma trilha de 12 quilômetros indicada para praticantes de caminhadas e amantes da natureza.

Leia também Dez novidades nos cartões postais de Nova York

Deixe uma resposta