Início Assistência de Viagem África com crianças é diversão certa

África com crianças é diversão certa

150
0
COMPARTILHAR

Ano novo, destinos novos. Que tal expandir a lista de lugares para viajar com crianças e mirar em um continente que oferece uma combinação única de riquezas naturais, cultura, aventura e estrutura impecável? Estamos falando da África.

Construções antigas são comuns nos países africanos, como a Etiópia

Seus países que aparecem inúmeras vezes nas listas mais respeitadas do universo do turismo como promessas para 2020 e oferecem um turbilhão de cores e experiências que vão além dos safáris.

A psicóloga e empreendedora carioca Nathália Gomes, que narra suas aventuras pelo mundo no site www.kids2gether.com.br, o marido Pedro e seus três filhos, os gêmeos Mateus e Gabriel, de 10 anos, e João Miguel, de 3, abriram o ano com uma aventura por lá e listam as diferenças entre tantas opções.

Aventura no deserto

As pirâmides do Egito são uma paisagem deslumbrante

Começando pelo norte do continente, o Egito está no top 10 de destinos 2020 da publicação Lonely Planet. O país reúne uma riqueza única da história da nossa civilização. Além das cores e sabores das influências árabe e muçulmana.

A capital Cairo desponta como rota imperdível após várias melhorias em prol do turismo e, claro, crianças são sempre bem-vindas.

Para começar, vale conhecer as pirâmides, uma das sete maravilhas do mundo, além de monumentos grandiosos de deixar qualquer pequeno boquiaberto.

Programe-se também para um passeio de barco pelo Rio Nilo, agende um tour com emoção pelo deserto a bordo de veículos 4×4 ou aproveite o dia na The Pharaonic Village.

O lugar reúne diversas atividades para todas as idades, de pinturas e jogos até sessão de fotos com o tema Cleópatra. Não deixe de provar pratos típicos locais, como o vegano koshary, além de chás e cafés. A única ressalva é ficar atento à qualidade da água local.

Os famosos safáris na África

Os safáris são programas imperdíveis

Seguindo a rota mais tradicional, é hora de se preparar para entrar no universo das savanas, dos safáris e da África como muitos imaginamos.

A vida animal é muito rica por lá. Mas, antes de decidir o destino, é importante eleger um logde que tenha estrutura e atividades especiais para crianças, como caminhadas na selva, tarde de jogos, aulas de culinária e por aí vai.

Com binóculos em mãos e repelente em dia, para se proteger contra os insetos, os visitantes passam horas procurando girafas, rinocerontes, elefantes e leões. Nathália e a família viram os Big 5 de perto no Masai Mara, o maior parque do Quênia.

No local, também fizeram piquenique na savana e participaram de noite de “contação” de histórias com os guias locais ao redor da fogueira.

Na capital Nairóbi, uma parada obrigatória é o Giraffe Manor. É um pequeno hotel em que é possível interagir com girafas ameaçadas de extinção. Outra opção é o lodge Ol Pejeta Bushcamp, que deixa as crianças eufóricas com aulas de como fazer fogo e usar arco e flecha.

Praias paradisíacas

Zanzibar e suas águas cristalinas

Se a família for do estilo que prefere praia, é hora de intensificar o protetor solar, colocar a roupa de banho e partir para o litoral do continente, como Zanzibar, um arquipélago de águas cristalinas na Tanzânia.

Por lá, além de praias paradisíacas, os resorts têm programação rica para turistas de todas as idades e o povo hospitaleiro garante a diversão nas areias.

Segundo Nathalia, a visita ao Quênia e à Tanzânia exige apenas um pouco de paciência no desembarque. Mesmo com visto on-line expedido com antecedência, é preciso preencher uma série de formulários individuais na imigração. Mas, depois de organizada esta burocracia, a diversão está garantida.

Para ficar de olho

Segurança é um assunto que não sai da cabeça dos pais. E, quando se pensa em África, parece que mais luzes de alerta se acendem. Porém, seguindo as orientações dos guias, é um lugar com boa estrutura turística para receber toda a família.

Antes do embarque, vale ficar atento às regras de vacinação de cada país. É bom também programar os meios de transporte mais rápidos e eleger a melhor época do ano para evitar picos de calor, frio e chuva. Depois disso, é só aproveitar e incentivar a interação entre os pequenos e a cultura local.

Leia também Viagens para destinos inusitados com crianças

Deixe uma resposta