Início Alimentos e Bebidas Vinícolas de autor apostam em roteiros personalizados

Vinícolas de autor apostam em roteiros personalizados

231
0
COMPARTILHAR

Vinícolas chilenas desenvolveram nova rota de vinho especialmente para o mercado brasileiro. Localizado entre Santiago e Valparaíso, o Valle de Casablanca é querido pelos brasileiros, um em cada três que vão ao país o visitam.

O clima agradável, as belezas naturais, a gastronomia e a seleção dos melhores vinhos do mundo, torna o destino lugar ideal para os amantes do enoturismo, conhecendo novas vinícolas.

Com intuito de aumentar e potencializar o número de visitantes brasileiros no Valle, um grupo de dez empresas, entre elas sete vinícolas, dois hotéis e um restaurante, criaram o projeto Vinícolas de Autor.

Elas são chamadas assim porque reúnem sete vinhas familiares e tudo é elaborado pelas mãos de seus proprietários.

O foco é uma imersão na cultura do vinho, em visitas ideais para pequenos grupos ou casais. O roteiro personalizado levará os turistas por um tour com a presença do produtor do vinho, muito além da simples degustação. Será possível ver o processo de preparo e tirar dúvidas.

A aposta dos produtores é apresentar, além dos tintos clássicos, novos rótulos que fazem a fama mundial da região entre os apreciadores da bebida.

O projeto teve um investimento inicial de 70 mil dólares e contou com o apoio da Corfo – Corporación de Fomento de la Producción e Codesser –  Corporación de Desarrollo Social del Sector Rural.

A princípio serão oferecidos até cinco roteiros diferentes, com valores entre seis mil e 24 mil pesos (aproximadamente R$ 34,15 e R$ 136,70 respectivamente) com durações e serviços variados.

Como os pacotes são personalizados, é possível adicionar outras atividades além da visita as vinícolas, tais como piqueniques, passeio a cavalo e etc..

O que ver e degustar nas vinícolas

Os roteiros incluem visitas a:

Viña La Recova, uma vinícola boutique que produz vinhos em escala humana a partir de uma única variedade, Sauvignon Blanc;

Attilio & Mochi, um casal de brasileiros que produz e engarrafa oito variedades diferentes de uvas, incluindo a primeira grenache de Casablanca e o Malbec, que foi eleito o melhor vinho do chile. Toda a plantação das uvas é orgânica e irrigada por energia solar;

Bodegas RE, tem como diferencial vinhos inusitados que resgatam procedimentos antigos de produção, utilizando ânforas de barro;

A Villard Fine Wines, vinícola familiar que produz tintos e brancos desde o início da década de 1990, oferece refeições com harmonização;

Viña Casa Romero elabora as uvas mais tradicionais do Valle de Casablanca como Sauvingnon Blanc, Chardonnay e Pinot Noir, utilizando tanques de inox, que permitem monitorar a temperatura e manter a fermentação controlada;

Viña Casa Roca Vineyards é uma das poucas vinícolas do Chile dedicada inteiramente à produção de vinhos 100% naturais e espumantes premium. É um projeto vinícola-boutique;

Casa Macayre mansão de campo chilena, a casa tem 1200 m² e sete quartos cercados por 50 hectares de vinhedos e arvores nativas. Acomoda até 15 pessoas e o hóspede pode optar por contratar serviços locais;

Estancia El Cuadro é um complexo enoturístico que apresenta excelente estrutura, principalmente para casamentos, em meio a uma belíssima paisagem;

Hotel Casablanca BWC oferece diferenciais de hospedagem – são apenas 10 apartamentos, o que proporciona atendimento exclusivo pelos proprietários. O hotel conta com sauna, ofurô nos jardins e o que chamam de forma simpática, de piscina Pinot Noir – construída com azulejos das cores desse vinho;

Restaurante Macerado de Agarrobo, eleito um dos melhores restaurantes do Chile, traz um menu de pratos de cozimento longo e grelhados, valorizando ingredientes locais e pescadores nativos.

 

Deixe uma resposta