Início Destaque Usina de Itaipu atrai 15,5 mil turistas no feriadão

Usina de Itaipu atrai 15,5 mil turistas no feriadão

213
0
COMPARTILHAR

Os  atrativos do Complexo Turístico da Usina de Itaipu receberam 15.526 visitantes durante os quatro dias do feriadão da Proclamação da República, entre a quinta-feira, dia 15, e domingo, dia 18 de novembro.

Os números da visitação foram melhores do que o esperado. O resultado superou em 60% a expectativa dos administradores do Complexo Turístico da Usina de Itaipu (CTI). Eles projetavam receber 9,5 mil visitantes nos quatro dias, fechando em 6 mil a mais do que o aguardado.

Durante o feriadão, o CTI ampliou os horários de saída para a Visita Panorâmica. Essa é a parte do complexo com maior procura  turística. O esquema foi bem-sucedido. E apesar dos 6 mil turistas a mais e da lista de espera, o atendimento foi tranquilo.

Como, no ano passado, o dia 15 de  novembro  caiu  em  uma  quarta-feira,  no meio da semana, não houve feriado prolongado no período. Esse foi um motivo a mais para celebrar o resultado desse ano.

O movimento dos últimos feriados tem ajudado a impulsionar os dados de visitação ao CTI  em 2018. Desde 1º de janeiro, foram 516.825 visitantes, isso apenas do lado brasileiro, com acesso pelo CTI. Deste total, 329.255 pessoas fizeram a Visita Panorâmica.

Usina é uma parceria entre Brasil e Paraguai e começou a ser construída em 1975

A Usina Hidrelétrica de Itaipu (em espanhol: Itaipú, em guarani: Itaipu) é localizada no Rio Paraná, na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. A barragem foi construída entre 1975 e 1982.

O nome Itaipu foi tirado de uma ilha que existia perto do local de construção. Na família linguística tupi-guarani, o termo significa “pedra na qual a água faz barulho”, através da junção dos termos itá (pedra), i (água) e pu (barulho).

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu é uma empresa binacional. Além de ser líder mundial na geração de energia limpa e renovável. Desde 1984, produziu mais de 2,5 bilhões de MWh.

Em 2016, a usina que é compartilhada entre o Brasil e o Paraguai  retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com  a  marca de 103.098.366 MWh. Em 2017, a hidrelétrica foi responsável pelo abastecimento de 15% da energia consumida pelo Brasil e de 86,4% do Paraguai.

Deixe uma resposta