Início Assistência de Viagem Turismólogo dá dicas para primeira viagem internacional

Turismólogo dá dicas para primeira viagem internacional

634
0
COMPARTILHAR

Gabriel Veronese é turismólogo e conhecido nas redes sociais por ser um viajante frequente. Com experiência de mais de 30 países percorridos, o influencer revela quais as principais coisas a serem observadas antes de embarcar rumo à primeira viagem.

Eis que o tão sonhado dia chegou, de conhecer novas culturas e destinos, e você vai embarcar em sua primeira viagem internacional. Viajar sempre gera uma boa expectativa, mas na primeira viagem internacional isso se mistura a outros sentimentos, como ansiedade e insegurança com alegria e motivação.

Documentação

Acho que o principal é estudar sobre a documentação necessária pra cada país e respeitar isso. A regra é clara: se não tiver todos os documentos pode ser barrado no aeroporto e ter outras complicações mais sérias.

Dinheiro no bolso

A quantia de dinheiro pra levar em uma viagem tem de ser adequada, mas eu sempre recomendo fechar todos os passeios antes, assim sobra mais dinheiro pra usar no local.

Sempre levar um cartão de crédito internacional, mas mais para urgências e caução (alguns hotéis pedem), já que o IOF é alto (6,38%). Conserve sempre cerca de 30-50€ (ou dólares) em dinheiro guardados num lugar seguro da sua mochila.

Vestuário é sempre uma dúvida na primeira viagem

Na primeira viagem internacional sempre aparece a dúvida de como se vestir. Por mais que você esteja indo para um lugar quente, é preciso levar roupa de frio para o avião. Às vezes as pessoas esquecem e se dão mal. Nunca subestime o choque térmico.

Tempo de permanência

A permanência em cada destino também é um fator importante a ser estudado. Eu sempre recomendo ter tempo pra fazer “nada” e/ou até mesmo se juntar à comunidade local, observar o comportamento, utilizar transporte público. Vale muito a pena. Levante-se cedo para aproveitar o dia.

Valorize a gastronomia local

Outra dica é fugir dos restaurantes muito turísticos. Eles não vão ter a gastronomia local. Procure indicações de pessoas nativas da região de onde comer e o que fazer, que fuja aos clichês turísticos. Além de geralmente serem mais baratos, restaurantes fora dos roteiros turísticos te mostrarão a verdadeira gastronomia local.

Estude o local da primeira viagem antes de embarcar

Estude e entenda o lugar que está visitando. Não adianta ir para um país de 3º mundo achando que vai ver muita riqueza. Entenda que a riqueza destes países é outra, pode ser cultural, por exemplo.

Saiba o que esperar em cada lugar e até mesmo se surpreenda com gratas surpresas além da sua expectativa. Importante estudar um pouco da língua local, cultura, costumes e se preparar ao máximo.

Leia também Dicas para aproveitar melhor viagens na terceira idade

Deixe uma resposta