Início Especial Covid-19 Suíça reabre as fronteiras para brasileiros vacinados

Suíça reabre as fronteiras para brasileiros vacinados

312
0
COMPARTILHAR

Os brasileiros vacinados já podem viajar para a Suíça. Desde o dia 31 de maio, o país já trabalha com medidas mais flexíveis como a reabertura do comércio, incluindo bares e restaurantes.

Agora na quinta fase da flexibilização, já não há restrições de número de pessoas e obrigatoriedade de uso de máscara com a apresentação do certificado de vacinação em eventos de grande escala.

Também não é mais necessário usar máscaras ou manter o distanciamento em eventos culturais e esportivos. Além disso, as escolas já retomaram as aulas sem restrições de capacidade. Porém, o país ainda recomenda o trabalho no modelo home-office.

Sobre o turismo

Tendo em vista a evolução positiva da situação epidemiológica e os avanços do número de vacinados, o Conselho Federal anunciou no dia 23 de junho a flexibilização das restrições das medidas de saúde na fronteira para as pessoas que entram na Suíça.

Com isso, os visitantes chegando de países do espaço Schengen/União Europeia e países que não apresentam risco tiveram a quarentena suspensa.

A exigência de teste PCR negativo é apenas para pessoas que chegam no país de avião e que não foram completamente vacinadas (duas doses) ou infectadas que ainda não se recuperaram do COVID-19.

Os detalhes de contato ainda serão necessários ao chegar de avião. Contudo, não são mais necessários para viajantes que entram na Suíça de trem ou de carro.

Outros países

A lista de regiões de risco elaborada até agora pelo Serviço Federal de Saúde Pública foi reduzida e agora contém apenas os países e áreas em que circulam variantes do vírus que preocupam a Suíça, o Brasil está incluso nesta lista. As medidas sanitárias na fronteira estão, portanto, focadas nas pessoas que vêm desses países ou áreas, mas já aliviadas para brasileiros.

Os visitantes que foram completamente imunizados com duas doses da vacina (ou vacinas de dose única) nos últimos 12 meses terão permissão para entrar na Suíça a partir desses países sem precisar fazer o teste PCR ou cumprir quarentena, a regra é válida para viagens desde 26 de junho. As vacinas aceitas atualmente são aquelas aprovadas pela Organização Mundial da Saúde: BioNTech, Moderna, Pfizer, Janssen, AstraZeneca, Sinovac, Sinopharm e Serum Institute of India.

Leia também Segundo a OMT, o índice de confiança mostra sinais de uma lenta recuperação

Deixe uma resposta