Início Em Destaque Startup lança comunidade digital para profissionais de eventos

Startup lança comunidade digital para profissionais de eventos

225
0
COMPARTILHAR

Sem dúvida, o mercado de eventos foi um dos segmentos mais afetados pelos efeitos da pandemia. Pensando na colaboração entre todos os atores do setor e no desenvolvimento dos especialistas, a Evnts lançou recentemente a Backstage. É uma comunidade digital voltada para profissionais interessados em compartilhar informações, conhecimentos, experiências e até vagas de emprego.

Em pouco tempo, a plataforma que usa tecnologia para realização e gestão de eventos corporativos on-line já conta com centenas de profissionais engajados. Eles trazem tendências do mercado, oportunidades e realizam negócios todos os dias. Até o final de 2021, a expectativa da startup é atingir 20 mil pessoas inscritas.

Segundo Alexandre Rodrigues, CEO da Evnts, a ideia de lançar a Backstage surgiu no ano passado, quando todo o mercado de eventos se viu obrigado a reaprender tudo que sabia até aquele momento.

“No meio de um cenário de incertezas, ficou mais clara a necessidade do networking. E também de juntar especialistas para se aprofundarem na nova realidade na hora de execução os eventos. Mais do que nunca, os gestores, produtores e fornecedores devem se reunir para criar em conjunto o futuro do segmento”, explica o CEO da Evnts.

Ainda de acordo com o empreendedor, a Backstage tem como objetivo principal disponibilizar um espaço aberto e livre para debates dos mais variados assuntos ligados ao mercado.

“Nossa ideia é ser é o ponto de encontro dos melhores profissionais de eventos do País. O objetivo é que o compartilhamento de experiências, conhecimentos e aprendizados de cada pessoa possa ajudar o setor como um todo a resolver grandes problemas e superar este momento que ainda vivenciamos”, conclui Rodrigues.

O acesso à comunidade Backstage é aberto e gratuito e pode ser feito por meio deste link: https://backstagecomunidade.com.br/.

Leia também Trade turístico se reúne com parlamentares para defender a sanção sem cortes do Perse

Deixe uma resposta