Início Arte e Cultura por Adriana Sorgenicht Teixeira Sonia Braga: 70 anos

Sonia Braga: 70 anos

2182
0
COMPARTILHAR

Nascida em Maringá, no Paraná, Sonia Braga completou 70 anos na última segunda-feira (8). Considerada uma das atrizes mais memoráveis de sua geração, ficou eternizada por protagonizar a primeira versão para a TV de Gabriela, em 1975, baseada no livro homônimo de Jorge Amado.

Sonia Braga 70 anos

Nas novelas, também brilhou na pele de Júlia Matos em Dancin’ Days (1978) e se jogou na onda das discotecas. Na TV, atuou também em Irmãos Coragem, Selva de Pedra, Vila Sésamo e Fogo Sobre Terra. Entretanto, foi no cinema que construiu uma carreira que a deu visibilidade internacional e muitos prêmios.

Sonia protagonizou a primeira versão do longa Dona Flor e Seus Dois Irmãos (1976), de Bruno Barreto. O filme é inspirado na obra homônima de Jorge Amado. Também voltou a interpretar Gabriela, dessa vez no cinema, na produção dirigida por Barreto e teve o astro italiano Marcello Mastroianni como Nacib.

Em 1996, viveu outra personagem criada pelo escritor baiano: Tieta, no longa Tieta do Agreste. Em 1985, foi a personagem principal do longa O Beijo da Mulher Aranha, de Hector Babenco, que a lançou internacionalmente.

Sonia Braga 70 anos

Radicada nos Estados Unidos desde 1990, Sonia segue participando de grandes produções brasileiras para o cinema. Entre elas: Aquarius (2016) e Bacurau (2019), filmes de Kleber Mendonça Filho premiados pelo mundo.

Sônia Braga alcançou reconhecimento internacional por seu papel em O Beijo da Mulher Aranha de 1985, filme do argentino naturalizado brasileiro Hector Babenco, baseado em um romance de Manuel Puig, que se tornou um dos lançamentos mais aclamados desse ano. A atriz coestrelou ao lado de William Hurt, que venceu o Oscar de melhor ator.

Foi a primeira brasileira a apresentar uma categoria no Oscar ao lado do astro Michael Douglas em 1987, com apenas 36 anos. Os aplausos e críticas logo levaram Braga a aparecer em mais dois grandes papéis em Hollywood, ambos lançados em 1988: Rebelião em Milagro, dirigido por Robert Redford, e na comédia, Luar sobre Parador, no qual foi indicada ao Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante em 1989.

Sonia Braga 70 anos

Assumiu personagens coadjuvantes em The Rookie ao lado de Clint Eastwood e Charlie Sheen, e em inúmeros telefilmes e minisséries. No entanto, mesmo como coadjuvante, Braga conseguiu ser nomeada a dois prêmios Globos de Ouro e um Emmy Awards, este último por seu papel em Amazônia em Chamas, um telefilme produzido pela HBO em 1994, que conta a história de vida do seringueiro acreano Chico Mendes.

Em 2001, Braga participou do elenco de Angel Eyes, no papel de Josephine Pogue, mãe de Sharon Pogue interpretada por Jennifer Lopez.

Nos anos 2000, Sônia participou de vários programas e séries americanas como: Sex and the City (2001), Law & Order (2003), Ghost Whisperer, CSI: Miami (2005) e no seriado American Family, que retrata uma família latina em uma grande cidade americana, a série foi ao ar pela rede PBS.

Depois de quase 20 anos sem participação na televisão brasileira, Sônia participou da novela Força de um Desejo (1999). Em 2006, voltou a trabalhar em Páginas da Vida, de Manoel Carlos, onde interpretou uma escultora internacionalmente reconhecida. Depois protagonizou o episódio A Adúltera da Urca, da série As Cariocas, em 2010, e participou da série Tapas & Beijos em 2011.

Leia da mesma autora Schumann: genialidade e loucura

Deixe uma resposta