Início Colunistas São Gabriel da Cachoeira se transforma em destino turístico

São Gabriel da Cachoeira se transforma em destino turístico

219
0
COMPARTILHAR

A mídia tem feito cobertura maciça sobre a vacinação contra o Covid-19 no país. E São Gabriel da Cachoeira (AM), localizada na “Cabeça do Cachorro”, a noroeste do mapa brasileiro, tem sido citada várias vezes no noticiário. Até pouco tempo atrás era apenas um lugar pouco conhecido, localizado na Amazônia.

São Gabriel da Cachoeira se transforma em destino turístico

Pouco se sabia sobre essa cidade que abriga diversas etnias indígenas distribuídas em seu território. E a boa notícia é que todos já estão sendo imunizados, o que permite e aguça a curiosidade de saber mais sobre o local.

Essa pode ser uma boa oportunidade para despertar o desejo de conhecer São Gabriel da Cachoeira, pérola no meio da maior floresta do mundo. O lugar guarda os mistérios das lendas dos pajés de comunidades indígenas ancestrais, com belezas naturais que só a Amazônia oferece.

São Gabriel da Cachoeira se transforma em destino turístico

Com o Rio Negro passando pela cidade, sendo o principal caminho de acesso, os amantes do turismo de natureza vão se surpreender com praias de areião branco e mergulhos nesse rio tão importante.

Os sabores regionais são únicos, exclusivos, diferentes, com frutas e pratos típicos, baseado na cultura indígena. Com ingredientes que não são encontrados em nenhum outro lugar do mundo.

Mergulhar na floresta amazônica, lugar realmente encantado que atrai, ainda hoje, exploradores e caçadores de tesouros, que ainda acreditam ser esse território o “Eldorado perdido”. Mas eles nem imaginam que o maior tesouro dessa região está nos atrativos naturais e culturais, com um espetáculo de sons, cores, cheiros, numa canção ritmada que tem como cantores os pássaros, além da algazarra de macacos e a exuberância de árvores centenárias impossíveis de serem abraçadas por menos de dez pessoas.

Com tudo isso, São Gabriel da Cachoeira se torna um destino bem seguro para quem deseja uma viagem de experiência, isolada dos grandes centros, com 90% da população indígena (lembrando todos estão todos imunizados) e com atividades ao ar livre, certamente entrará para o ranking de opções do turismo nacional.

A Roraima Adventures, operadora da Amazônia Brasileira, já tem programações previstas: 11 de junho, 06 de agosto e 05 de novembro, com grupos pequenos e seletivos.

Para saber mais é só acessar: https://roraimaadventures.com.br/produto/roteiro-de-imersao-indigena-em-sao-gabriel-da-cachoeira/

Leia também da mesma colunista Como surge um destino?

Deixe uma resposta