Início Cultural São Bento do Sapucaí, um cantinho especial em São Paulo

São Bento do Sapucaí, um cantinho especial em São Paulo

515
0
COMPARTILHAR

A pequena cidade de São Bento do Sapucaí, uma das pérolas da Serra da Mantiqueira paulista, fica na divisa do estado de São Paulo com Minas Gerais.

A natureza presenteou esse cantinho tranquilo e hospitaleiro com verdadeiros monumentos que encantam, como as imensas pedras que se destacam na paisagem serrana. São as pedras do Bauzinho, Ana Chata e Baú, essa última inclusive “sequestrada” como cartão postal da cidade vizinha de Campos do Jordão, onde tem seu paredão rochoso mais exposto, mas a pacata “São Bento” tem muitas outras preciosidades a serem descobertas.

Rodamos pelas estradas de terra que serpenteiam as montanhas da cidade em uma Mercedes GLC 220D, ótima para off road, mas não é necessário um veículo traçado para descobrir lugares incríveis, como o bairro do Quilombo, onde atividades culturais pulsam por todas as partes.

No barracão das Associação de Moradores de São Bento do Sapucaí, mulheres artesãs criam peças lindas a partir de matéria prima vindas da natureza, em uma verdadeira lição de sustentabilidade.

No ateliê Ditinho Joana, entalhes em madeira que ganharam espaço em galerias de todo mundo, feitos pelas mãos de um verdadeiro mestre, de pequena estatura e enorme simpatia, que encanta os visitantes com suas histórias, e no espaço onde abriga o Museu do Carro de Boi se resgata os idos tempos em que o transporte era em lombo de burro ou carro de boi.

São Bento do Sapucaí, um cantinho especial em São Paulo

Tem ainda as peças em cerâmica da arquiteta Lígia, com cores especiais, e o Museu da Trincheira, que conta um pouco da história da Revolução de 1932, quando a cidade foi palco da defesa de São Paulo.

Para fechar, o passeio no bairro é preciso fazer uma visita ao ateliê de Nico Ferreira, ex-pedreiro que descobriu na arte a inspiração de uma nova maneira de viver e, com uma técnica própria, transforma cacos de madeira em vasos e mosaicos; e conhecer o Frescor da Mantiqueira, que ganha destaque na proposta com a agricultura orgânica e sustentável.

São Bento do Sapucaí, um cantinho especial em São Paulo
Igreja Matriz

Para caminhar no centro de São Bento do Sapucaí uma boa opção é baixar o aplicativo do Muman  (www.museudamantiqueira.com.br) e seguir o roteiro áudio guiado, que vai levar o ouvinte para conhecer lugares como a Igreja Matriz, que ainda conserva a construção em taipa, e a Casa de Cultura Miguel Reali, casa em que viveu o famoso jurista e que hoje abriga produções culturais locais.

Memorial Zé Pereira

O passeio inclui também ao Memorial Zé Pereira, onde enormes bonecos de “papier mache” ficam expostos durante o ano todo e saem às ruas no período do carnaval, e a Capela de Mosaicos, pontos obrigatórios de visitação.

A capela é uma obra inusitada do artista plástico Angelo Milani, paranaense radicado na cidade, que revestiu o local com santos quebrados e outros objetos deixados aos pés de um “cruzeiro santo”, trazendo inclusive um novo sentindo para as peças. O colorido forte e os muitos nichos nas paredes, merecem ser observados com calma.

São Bento do Sapucaí, um cantinho especial em São Paulo
O artista plástico Angelo Milani diante de sua obra

Dois locais um pouco distantes do centro, mas que valem à pena uma visita é a Oliq, fazenda com decoração contemporânea, que produz azeite virgem e azeite de abacate, onde é possível aprender sobre o produto e fazer degustação (Estrada do Cantagalo, km 8 – Fone (35) 99988-9926).

O segundo é a Vinícola Villa Santa Maria, que possui um restaurante no meio dos vinhedos. O local que é também uma vinícola, com produção e rótulo próprio (Brandina), com sete variedades diferentes com degustação (Estr. Municipal José Theotônio da Silva, s/n, bairro do Baú).

A cidade já atraía os adeptos de esportes de aventura, como escalada e rapel. E agora conquista espaço entre os destinos dos apaixonados por gastronomia.

São Bento do Sapucaí, um cantinho especial em São Paulo
O hambúrguer artesanal servido no Brazin Hambúrgueres

Onde comer

Bistrô – Um pequeno restaurante no centro da cidade, com destaque para os risotos e para costela. (R. Dr. Rubião Junior, 3)

Brazin Burguer – Hambúrguer artesanal, com opções feitas de camarão e os vegetarianos confeccionados com grão de bico ou ervilha. (R. Major Miguel Chiaradia, 173)

Chá e Charme – Servem café colonial com mesa farta e quitutes feitos no local. É necessário agendar. (R. Vereador José Lopes de Lima, 129 – Fone (12) 99784-5426

Dona Mariquinha – Ótima parada para um café. No lugar tem um armazém com produtos artesanais dos sítios da região (Estr. do Quilombo, 1403)

Restaurante Trincheira – Restaurante sofisticado com uma vista digna de foto, da Serra da Mantiqueira. No cardápio truta com amêndoas, risoto de cogumelos, entre outras opções. (Estr. Vereador Benedito Candido Ribeiro, 1403)

Sabor da Serra – Localizado no centro, serve comida caseira em regime de self service. (Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 128)

Onde ficar

Frescor da Mantiqueira (trailer e container) – https://abnb.meQGVePAEfYeN

Chalés da Estalagem- https://pousadadachalesdaestalagem.com.br/  (pet friendly)

Quinta dos Colibris – https://www.quintadoscolibris.com.br/

Villa da Montanha – https://villadamontanha.com.br

Vovó Hilda – https://paulocersosimo.wixsite.com/pousadavovohilda

Leia da mesma autora Parque Nacional do Itatiaia, o primeiro parque nacional

Deixe uma resposta