Início Artigos Parque Nacional do Itatiaia, o primeiro parque nacional

Parque Nacional do Itatiaia, o primeiro parque nacional

212
0
COMPARTILHAR

A área pertenceu ao Visconde de Mauá. Comprada pela União para assentamento e cultivo de frutas, é o mais antigo parque nacional do Brasil. Sua criação foi em 1937.

Parque Nacional do Itatiaia, o primeiro parque nacional

Com uma extensão de quase doze mil alqueires, chega a ter 2.791,55 m de altitude em seu ponto mais alto no Pico do Itatiaiaçu, localizado no maciço de montanhas conhecidas como Agulhas Negras. O segundo, com 2 680,99 m de altitude, é o Pico da Montanha do Couto.

No interior do parque encontram-se alguns dos picos mais altos do Brasil. Isso o faz ter uma fauna e flora bastante diversificadas. Principalmente, devido às diferenças de altitude de seu relevo e ao clima variado, além de espécies endêmicas.

Dividido em parte alta e baixa, as trilhas são catalogadas. Elas só podem ser feias acompanhadas por guias cadastrados pelo Instituto Chico Mendes (ICMBio), que administra a área.

Na parte baixa, que tem entrada pela cidade de Itatiaia (RJ), com acesso pela Rodovia Presidente Dutra, atrativos naturais como Cachoeira Maromba, que forma uma grande piscina natural; Cachoeira Véu de Noiva, formada pelo Rio Maromba, com uma queda d’água de 40 m de altura, são de fácil acesso e atraem turistas menos experientes em ecoturismo.

Na parte alta, chamada de planalto, com entrada por Itamontes (MG), encontram-se os acessos às montanhas do Parque. Elas fazem parte da cordilheira da Serra da Mantiqueira.

Pelo Parque Nacional de Itatiaia atravessa a rodovia federal mais alta do país, a BR 485. Ela também é chamada de Rodovia das Flores e Estrada dos Lírios. Seu trajeto liga a cidade de Rezende (RJ) ao passo de montanha chamado de Garganta do Registro, no entroncamento com a BR 354, que leva a Itamontes (MG).

Para os amantes de escalada, existem várias opções com graus diversos de dificuldade. E para quem gosta de trekking, travessias de 22 a 32 Km, com duração de dois e três dias, com infraestrutura de abrigos e área de camping.

Para entrar no Parque, é necessário o pagamento de ingresso. Para algumas atividades são cobradas taxas diferenciadas.

Horários, contatos e protocolos são informados pelo site http://www.parquedoitatiaia.tur.br/

Leia da mesma autora Tarundu, parque eco radical da Mantiqueira

Deixe uma resposta