Início Artigos Santos Dumont e Conceição do Formoso, gastronomia e natureza!

Santos Dumont e Conceição do Formoso, gastronomia e natureza!

318
0
COMPARTILHAR

Minas Gerais é sem dúvida um dos destinos mais completos e encantadores do turismo nacional. E, sobretudo, é a casa de um povo hospitaleiro e acolhedor. E duas cidades se destacam entre os destinos mineiros: Santos Dumont e Conceição do Formoso.

A cidade de Santos Dumont, situada na zona da mata mineira, oferece ao visitante a típica tranquilidade do povo local, com com direito à praça em frente à Igreja Matriz.

O nome dado à cidade, que anteriormente era Palmyra, é uma homenagem ao seu mais ilustre filho. Santos Dumont nasceu e viveu na Fazenda Cabangu, hoje aberta à visitação e transformada em museu.

O nome anterior da cidade rendeu a referência do nome de uma marca do queijo, chamado Queijo do Reino. Foi o primeiro cozido do Brasil, uma iguaria trazida pelos holandeses há mais de cem anos para esta região e que era consumida apenas pelos nobres.

Santos Dumont e Conceição do Formoso, gastronomia e natureza!

A cidade é cortada pela Estrada Real Nova ou Caminho Novo, que tem início em Paraty e chega à Província de Minas Gerais. Há um trecho de subida da Serra da Mantiqueira com calçamento ainda da época. No local, é possível ver o Paredão dos Tropeiros, ponto onde as tropas paravam para descansar e se alimentar próximas ao chafariz.

Para estar próximo à natureza, o Parque da Lagoa ou Reserva Florestal possui uma área coberta por mata nativa densa de aproximadamente 65 alqueires.

A fauna da região é composta de mico-estrela, quati, barbado, saua, tucano, jacú, inhambú, onça, jaguatirica, cobras e lobo guará. Três nascentes vindas da mata formam as duas lagoas, nas quais encontram-se várias espécies de peixes.

Conceição do Formoso também atrai os adeptos do turismo de natureza

Santos Dumont e Conceição do Formoso, gastronomia e natureza!

A 32 Km do centro, fica o Distrito de Conceição do Formoso, fundada em 1887, uma comunidade bucólica, com cerca de 1.342 habitantes, possui um número reduzido de empreendimentos comerciais, com pequenas mercearias e bares, além de poucas ruas pavimentadas e um casario barroco e rural de época, típicos de cidades pequenas de Minas Gerais e com muitos atrativos para quem busca o Turismo de Natureza.

Além das trilhas em meio as montanhas para quem pratica off road e bike, um conjunto de mais de cinco cachoeiras, que são o presente para um trekking com percurso médio de uma hora.

Santos Dumont e Conceição do Formoso, gastronomia e natureza!

A Cachoeira da Fumaça, embora esteja em propriedade particular, tem o acesso permitido sem nenhum tipo de pagamento de taxa e é a mais procurada. Mas quem busca sossego, tem ainda as opções das Cachoeira do Ti bem, Cachoeira do funil, Cachoeira Maria Corrêa e Cachoeira Sete Galos.

Leia da mesma autora Birdwatching, opção de ecoturismo

Deixe uma resposta