Início Especial Covid-19 Salvador aposta na saudade para retomada

Salvador aposta na saudade para retomada

441
0
COMPARTILHAR

Saudade. Palavra da língua portuguesa que, dizem, não tem tradução literal em outros idiomas. É daquilo que se sente, mas quase não se explica. E, depois de mais de 120 dias de isolamento social, é um sentimento comum a todos que vivem esses tempos de pandemia.

Salvador aposta na saudade para retomada

Foi daí que a Usina Digital, agência baiana de comunicação digital, criou a campanha “uma saudade chamada Salvador”. O trabalho foi criado para a Prefeitura Municipal de Salvador, através da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult). Uma declaração de amor à capital baiana, a ação soma-se um rol de estratégias propostas pela agência que visam a retomada do turismo na cidade pós-pandemia.

Com objetivo de manter Salvador no imaginário de soteropolitanos e turistas, a campanha faz uma reunião de boas lembranças da cidade. Além de trazer a mensagem de esperança de um reencontro em breve.

“A campanha desperta o sentimento. Valoriza experiências muito fortes e próprias de quem já viveu Salvador. Ao mesmo tempo, instiga aqueles que ainda não a conhecem. Pra quem é soteropolitano ou mora na cidade, principalmente, ela fortalece a conexão e esse pertencimento que nos é tão próprio”, explica Bruno Lage, publicitário que lidera a equipe da Usina Digital.

O start de “uma saudade chamada Salvador” foi dado dia 13 de julho, com o lançamento de um filme de 2’20 protagonizado pela cantora, compositora e atriz Larissa Luz. Soteropolitana (morando em São Paulo), Larissa dá voz e compõe a trilha do filme.

A campanha segue agora com ações que se conectam com o filme: publicação de conteúdo nas redes sociais da @secultsalvador e nos canais de promoção turística da cidade, @visitsalvadordabahia e salvadordabahia.com, além de disponibilização de playlists especiais no Spotify, peças para WhatsApp, um filtro exclusivo no Instagram e ainda matérias especiais publicadas no site salvadordabahia.

Assista o filme em https://www.youtube.com/watch?v=JT7AW02mNeU

Foco no digital para matar a saudade

Desde de 2018, a Usina Digital é responsável pelo desenvolvimento da comunicação digital de promoção turística da cidade. Desde então, vem mudando a perspectiva da capital baiana no trade turístico diante do Brasil e do mundo. À frente da equipe de profissionais multidesk da agência está o baiano Bruno Lage, com quase 20 anos de experiência no mercado de marketing digital e publicidade, que uniu-se à Usina em 2015.

De lá pra cá, a equipe e os serviços oferecidos foram reformulados de tal forma que, hoje, a Usina Digital é uma companhia criativa que tem no seu core business um diferencial: a conexão entre comunicação, tecnologia e design. Para além dos produtos digitais, a agência é focada em criar experiências digitais inovadoras e consistentes.

“Nos moldamos para uma capacidade de atendimento forte em todas as disciplinas do digital. Para isso, reunimos profissionais com habilidades que vão além da sua especialidade e adotamos a ‘metodologia da mesa’, o coração do nosso trabalho. Com esse formato, conseguimos desenvolver projetos mais bem resolvidos e propor soluções mais assertivas para o cliente”, destaca Lage. O sistema consiste em reunir a equipe em uma grande ‘mesa’ em que se discute coletivamente planejamento, viabilidade e execução de cada trabalho. “Mais de 80% dos nossos projetos vão pra rua em virtude disso”, completa.

A trajetória recente da agência, soma cases como a divulgação e o desenvolvimento de plataformas digitais de grandes eventos da cidade como o Carnaval e o Réveillon de Salvador, a plataforma de concurso cultural de música, para Skol, criação de estratégia digital de lançamento de filmes como “Axé. Canto do Povo de um Lugar” e do longa “Travessia”, para a O2 Filmes, além de desenvolvimento de produtos como o app SIMM Empresa, entre outros trabalhos.

Leia também SP para todos lança campanha com orientações para retomada segura

Deixe uma resposta