Início Destinos Remake de “Pantanal” levará mais turistas à região

Remake de “Pantanal” levará mais turistas à região

807
0
COMPARTILHAR

Devido as gravações do remake do Pantanal muitos atores da novela não escondem o encanto e a surpresa com a beleza da região, que está situada entre os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Por incrível que pareça, a maior planície alagada do mundo — considerada pela UNESCO como Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera — é pouco visitada pelos brasileiros.

Explosão de cores no por do sol

Remake de “Pantanal” levará mais turistas a região

Quem vê as imagens da novela, já consegue perceber o quanto a região pantaneira é exuberante. O bioma rico, numa paisagem plana, com áreas alagadas que refletem a luz do dia e explodem em cores com o por do sol.

Por ser uma região pouco povoada, quem chega de grandes cidades, consegue notar o silêncio e ao mesmo tempo perceber os ruídos da natureza, como o canto dos pássaros, a presença dos animais e o mover dos ventos na vegetação. A beleza é estonteante e agrada aos visitantes, que podem se aventurar pelo Pantanal e viver experiências inesquecíveis.

O ciclo das águas — a cheia, a vazante e a seca — rege a paisagem e a vida no Pantanal. Em cada período a paisagens se transforma, dando uma beleza e sensações diferentes aos moradores e visitantes.

Na cheia o deslocamento poderá ser feito mais com barcos; na seca dá para fazer até caminhadas; a cavalgada pode ser feita em local seco ou alagado, depende do espírito aventureiro de cada um; mas, tem também os safares por água ou com veículos apropriados, diurnos ou noturnos. O que não falta é aventura!

Pousada hotel referência em sustentabilidade

Remake de “Pantanal” levará mais turistas a região

Para Eduardo Eubank, diretor da Pousada Piuval — referência em sustentabilidade, que fica na Estrada Transpantaneira, Km 10, na Zona Rural de Poconé (MT), o Pantanal é mais visitado por turistas estrangeiros do que por brasileiros.

“Esperamos que a estreia da novela Pantanal leve os brasileiros a se interessarem mais por esse Patrimônio Natural, visitando de forma consciente, apoiando a preservação da natureza e movimentando o setor de turismo na região. Ele é muito importante para empregabilidade e a economia local”, explica o dono da pousada.

No Pantanal o amanhecer é lindo e o entardecer, encantador. As aves demonstram o capricho da natureza com suas cores exuberantes, como as da arara-azul-grande, tuiuiú, tucano, periquito, garça-branca, jaburu, beija-flor, socó, ema, seriema, papagaio, gavião (de várias espécies), curicaca, entre muitas outras. Os mamíferos, como a capivara, lobinho, veado-campeiro, veado-catingueiro, lobo-guará, macaco-prego, cervo-do-pantanal, porco-do-mato, tamanduá, cachorro-do-mato, anta, bicho-preguiça, ariranha, suçuarana, quati, tatu e a maior estrela do local, que é a onça-pintada (que merece um passeio só para saber onde ficam e costumam se mostrar), são um show à parte e podem ser vistos com certa facilidade. Fáceis de ver também são os répteis, como jacarés (que ficam enfileirados nas beiradas dos alagados e rios), jabutis e cágados. As temidas cobras nem sempre são vistas facilmente!

Imensidão de água e paisagens exuberantes

Próximo à Transpantaneira e totalmente dentro do Pantanal, a Pousada Piuval — uma ex-fazenda, vencedora do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2017/2018 nas categorias Meio de Hospedagem e Top Sustentabilidade —, permite aos turistas, ao saírem dos seus quartos, terem a impressionante visão da imensa planície pantaneira.

“Na pousada todo o sistema é voltado para a preservação do meio ambiente. Ela tem reconhecimento sustentável pela norma 15401 da ABNT, em parceria com o MTur. É possível sim fazer turismo de qualidade sem degradar o meio ambiente. Afinal, toda essa beleza pantaneira merece ser preservada!”, explica Eubank.

Pousada Piuval

Fundada em 1989, a Pousada Piuval rendeu o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2017/2018 nas categorias Meio de Hospedagem e Top Sustentabilidade. Instalada a 110 km de Cuiabá e a 10 km de Poconé, no Mato Grosso, a pousada pantaneira, que completou 30 anos em 2019, agora é também uma referência em sustentabilidade.

Entre as ações da hospedagem, estão a coleta e a separação do lixo para reciclagem; recolhimento da água da chuva para reúso na jardinagem; reutilização das águas cinzas do chuveiro, da pia e do ar-condicionado — que são tratadas e voltam para o vaso sanitário; placas solares instaladas no teto de um dos blocos que captam energia para os chuveiros elétricos; bloqueadores de energia nos quartos e lâmpadas de LED.

Dos 30 apartamentos da hospedagem, 20 seguem princípios da arquitetura sustentável, com madeira de reflorestamento. Para reduzir o lixo, foram estabelecidas boas práticas na cozinha, o que também garante a segurança alimentar dos hóspedes.

Com todo um sistema voltado para a preservação do meio ambiente, a Pousada Piuval foi reconhecida como sustentável pela norma 15401 da ABNT, em parceria com o MTur.

“Todos os funcionários são membros da comunidade local, que abraçam a causa e se preocupam com a sustentabilidade do negócio. Para inserir a comunidade no nosso progresso, desenvolvemos ações socioculturais. Entre eles, somos parceiros do Projeto Guia Mirim, para formar novos guias de turismo em Poconé”, explica Eduardo Eubank, diretor do empreendimento.

Com uma história familiar, a pousada se originou da fazenda Ipiranga, que recebeu uma primeira leva de estrangeiros em 1989 e cresceu gradualmente com aprendizado prático no negócio conduzido pela família Campos: os pais, João Losano e Dioripes, estão à frente da empresa, com os filhos João Losano Júnior, Beatrice e Eduardo.

O caçula Eduardo, que se formou em Administração, foi responsável, em 2004, por profissionalizar a empresa, separando a gestão da pousada da fazenda da família. Hoje, com mais de 30 funcionários, a Pousada Piuval já é Empresa de Pequeno Porte (EPP) e venceu, em 2016, o Prêmio MPE Brasil — concedido anualmente pelo Sebrae e pelo Movimento Brasil Competitivo — nas categorias Responsabilidade Social e Turismo.

Como chegar:

Voos vindos das principais capitais chegam ao aeroporto de Cuiabá, podendo pegar um translado que segue pela MT-060 até Poconé (104 km). A Pousada Piuval fica na Estrada Transpantaneira, Km 10 — Zona Rural de Poconé (MT).

Leia também Turismo na Amazônia e Pico da Neblina (Yaripo)