Início Ecoturismo, Aventura e Esporte Registro e Miracatu, aventura e sabores no Vale do Futuro

Registro e Miracatu, aventura e sabores no Vale do Futuro

471
0
COMPARTILHAR

Vale do Futuro é a nova denominação turística da região do Vale do Ribeira. Ele fica ao sul do estado de São Paulo e é composto por vinte e dois municípios. Todos praticamente imersos na Floresta de Mata Atlântica original, conservando um Brasil muito próximo da época de seu descobrimento.

Muito mais que uma região de plantio de bananas, o Vale do Futuro produz iguarias, como os palmitos Jussara, Real e Pupunha, ostras de altíssima qualidade e produtos originários do leite de búfalas e a própria carne desses animais.

A produção de chá é a maior do país. Junto com os subprodutos da banana, como doces em diversas apresentações, formam atributos para que a região seja fornecedora de produtos para a alta gastronomia nacional.

Registro

Registro, 50 Km de Miracatu, tem a uma das maiores plantações de chá do país e uma grande colônia japonesa, é possível fazer a Rota do Chá e vivenciar a experiência de colher, processar e tomar o chá.

Registro e Miracatu, aventura e sabores no Vale do Futuro

É um passeio de aproximadamente três horas, onde se aprende muito e bastante diferente. É necessário agendar e cada sítio tem seu próprio valor. Essa experiência pode ser feita no Sítio Yamamaru (celular (13) 98121-3187) e no Sítio (celular (13) 99785-6786)

Miracatu

Registro e Miracatu, aventura e sabores no Vale do Futuro

O verdadeiro roteiro das águas, onde é possível praticar esportes como boiacross, rafiting e canoagem nos rios Ribeira do Iguape e São Lourenço; aproveitar as muitas cachoeiras da região, onde só em Miracatu existem seis, algumas próprias para a prática de cascading, rapel e water traking. Para fazer qualquer tipo de programação pode ser agendada com receptivo @caminhosdovale pelo celular (13) 99684-3325, com Joelma.

Outro passeio interessante é visitar a fábrica de palmitos em conserva Savana, que além da visitação oferece degustação. A visita é gratuita e pode ser agendada com o próprio dono, Marcos Roberto Martinez, pelo WhatsApp (11) 973978006; e conhecer a Banarte, cooperativa ateliê que produz tapetes, bolsas, luminárias e outros produtos em tear com fibras de bananeiras (Rua Professor Silas Baltazar de Araújo, s/n), fornecedora da Tok Stok.

E para finalizar a viagem com doces lembranças, vale a pena passar na Icobam, uma pequena indústria dentro da cidade, que produz banana passa, mariolas, doce de banana em pasta e barras e bananinha seca recoberta de chocolate … deliciosa !

Leia também Tarundu, parque eco radical da Mantiqueira

Deixe uma resposta