Início Carreira Ministério do Turismo oferece cursos de capacitação online para o setor

Ministério do Turismo oferece cursos de capacitação online para o setor

366
0
COMPARTILHAR
Você poderá fazer os cursos de onde estiver e a hora que quiser.

A plataforma Brasil Braços Abertos disponibiliza sete cursos (técnico em agenciamento de viagens, cozinha, eventos, guia de turismo, hospedagem, lazer, restaurante e bar) nos eixos turismo, hospitalidade e lazer para pessoas que já trabalham no turismo ou que desejam ingressar no mercado. A previsão é que as aulas comecem em agosto de 2017. 

A plataforma já conta com mais de sete mil inscritos em todo o país. A região com o maior número de inscritos é a Sudeste, com 3.195 matriculados. Em seguida aparece o Nordeste com 1.701, seguido do Sul com 1.248. As regiões Norte e Centro-Oeste têm, respectivamente, 772 e 496 pessoas inscritas no curso oferecido pelo Ministério do Turismo.

Cursos Online

Para facilitar o acesso, o Brasil Braços Abertos é totalmente online, com oferta de 80 horas de aulas para profissionais que trabalham no atendimento direto aos turistas, como atendentes de hotéis, taxistas, quiosqueiros e bartenders. Assim o aluno poderá realizar o curso de onde estiver por meio de celular, tablet ou notebook. Ele contará com videoaulas e jogos educativos. Ao final do curso, os profissionais poderão obter o certificado de conclusão – valorado como de extensão – pelo site do programa.

 Os interessados podem acessar a plataforma pelo endereço brasilbracosabertos.turismo.gov.br e aulas deverão ser concluídas até o dia 30 de dezembro.

Intercâmbio

Os estudantes também têm a possibilidade de aprimoramento fora do país. Um acordo de cooperação assinado em fevereiro entre Brasil e Reino Unido estabeleceu uma cooperação de médio e longo prazo no campo do turismo e hospitalidade. A iniciativa prevê o envio, em 2018, de 120 alunos de cursos técnicos e de graduação de instituições públicas e privadas para até três meses de treinamento no Reino Unido. A seleção dos estudantes deverá ser feita no primeiro semestre deste ano. O MTur investirá R$ 5 milhões no programa. A proposta é complementar a formação dos estudantes em outro idioma e técnicas de turismo e hospitalidade.

Deixe uma resposta