Início Governos Investe Turismo beneficiará 5 municípios paulistas

Investe Turismo beneficiará 5 municípios paulistas

525
1
COMPARTILHAR

Realizado em São Paulo, no dia 30 de setembro, o 21º Seminário do Investe Turismo anunciou a rota “São Paulo e Litoral Norte”. A ação beneficiará capital paulista e outros cinco municípios do Litoral Norte do Estado: Ilhabela, Bertioga, Ubatuba, Caraguatatuba e São Sebastião.

Através do programa, desenvolvido conjuntamente pelo Ministério do Turismo (Mtur), Sebrae e Embratur, as cidades selecionadas receberão ações organizadas em quatro linhas de trabalho.

Entre elas o fortalecimento da governança, por meio de uma agenda estratégica dos setores público e privado; melhoria dos serviços e atrativos turísticos, com foco especial nas micro e pequenas empresas; marketing e apoio à comercialização, por meio de campanhas, produção de inteligência mercadológica e participação em eventos estratégicos. Além de atração de investimentos e o apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento.

O secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, Aluizer Malab, apresentou as iniciativas do programa e destacou a importância das parcerias.

“O Brasil tem essa potencialidade e é preciso ter uma estratégia de promoção que junte todos os atores envolvidos. A gente precisa ter serviços de qualidade e investimentos em promoção que valorizem nossos patrimônios mundiais”, afirmou o representante do ministério.

Investe Turismo é uma parceria do MTur e Sebrae

O evento contou com palestras sobre as linhas de créditos ofertadas pelo MTur aos empreendedores do ramo em São Paulo. Além das apresentações de representantes das entidades envolvidas no projeto, os empresários tiveram atendimento de representantes do Sebrae sobre FUNGETUR e PRODETUR Turismo, programa de Crédito Turístico do Estado de São Paulo, Empreenda Rápido, programa do Governo de SP com o Sebrae-SP, e CADASTUR.

Somente no ano passado, segundo dados do Ministério do Turismo (MTur), foram movimentados mais de R$ 6 milhões em todo o Brasil através do programa.

“Temos que ter um marketing permanente e há um trabalho enorme sendo feito. Há uma diversidade imensa no interior de São Paulo e, apesar desta vocação, o destino não é conhecido fora do Brasil”, afirmou o secretário-executivo da Secretaria de Turismo de São Paulo, Marcelo Costa.

São Paulo é o maior polo receptivo de turistas do Brasil e também aquele que mais envia visitantes aos demais estados. Apenas no ano passado, recebeu 50 milhões de visitantes, o que mostra o protagonismo do destino no cenário nacional.

“Pesquisa sobre intenção de viagem do MTur mostrou que 80,3% dos futuros viajantes ouvidos querem desbravar os destinos nacionais e desfrutar de belos cenários naturais, rica gastronomia e manifestações culturais”, afirmou Costa.

O presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, destacou também que São Paulo é o estado que mais recebe voos no Brasil e, por isso, é um dos grandes protagonistas do setor. “São Paulo é líder na emissão de turistas, uma vez que é responsável por aproximadamente 60% de todas as emissões”, contou.

Para o presidente da Embratur, o órgão deve focar na divulgação de seus  recursos naturais e trabalhar sobre algumas pautas como a liberação dos cassinos que, segundo ele, tem a capacidade de gerar, instantaneamente, 2,5 milhões de empregos.

Leia também sobre outras iniciativas do governo brasileiro e de outros países no setor de turismo

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta