Início Destaque Centro de Portugal: importante polo do turismo gastronômico

Centro de Portugal: importante polo do turismo gastronômico

645
0
COMPARTILHAR

Embora já fosse praticado anteriormente, o Turismo Culinário (ou Turismo Gastronômico) só ganhou essa nomenclatura no final dos anos 1990.

Centro de Portugal: importante polo do turismo gastronômico
Moliceiros (barcos tradicionais) na Ria de Aveiro, região lagunar do Rio Vouga

A partir daí, cresceu a importância atribuída a essa gostosa forma de experiência de contato com a diversidade cultural dos lugares visitados. E, assim, as agências de viagens passaram a oferecer  mais opções de destinos turísticos com essa finalidade.

Nesse contexto, o Centro de Portugal tem conquistado cada vez mais destaque no cenário do turismo mundial, com restaurantes premiados, gastronomia de alto nível e pratos típicos deliciosos. Rica e versátil, a cozinha da região conta com bacalhaus, leitões e os famosos queijos da Serra da Estrela, mas são as receitas tradicionais dos doces locais que estão “pegando os visitantes pelo estômago”.

Centro de Portugal: importante polo do turismo gastronômico
Feitos com ingredientes simples, ovos moles de Aveiro têm sabor intenso

O turismo gastronômico atrai visitantes para o centro de Portugal

Entre os mais conhecidos estão os ovos moles de Aveiro, de sabor intenso e ingredientes simples (água, açúcar e gemas de ovos), herança de habilidosas freiras, que faziam verdadeiros milagres nas cozinhas dos conventos portugueses e acabaram criando algumas das sobremesas mais famosas do país. Bem próximo de Aveiro, na cidade de Ovar, há um pão de ló típico irresistível. Outro bom exemplo é o singular salame de chocolate, feito com bolacha Maria, manteiga, açúcar, chocolate em pó e gemas de ovos.

Centro de Portugal: importante polo do turismo gastronômico
Pão de Ló típico de Ovar

A 200 km de Lisboa e 135 km do Porto, Coimbra, um dos principais destinos do Centro de Portugal, guarda quitutes como os refinados pastéis de Tentúgal e as Queijadas de Pereira, com gostinho de comida feita em casa. Em Leiria, lar da primeira Nutelleria do país, é preciso experimentar as brisas de lis, que deram origem ao quindim brasileiro. Chocolates artesanais são a especialidade de Viseu; em Aveiro, a Fabridoces produz receitas tradicionais e sorvetes inesquecíveis; e, por fim, o “beija-me depressa” de Tomar, receita que também tem os ovos como ingrediente principal, é popular no país inteiro, especialmente no Dia dos Namorados português, comemorado no dia 14 de fevereiro.

“Beija-me Depressa”, de Tomar, é popular no Dia dos Namorados português

Com inúmeros patrimônios da UNESCO, um litoral que é um paraíso para a prática do surfe, aldeias históricas, gastronomia riquíssima, vinhos inesquecíveis, natureza exuberante e muita cultura, o Centro de Portugal é considerado a mais charmosa região portuguesa.

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta