Início Governos A inovação no Brasil colocada à prova

A inovação no Brasil colocada à prova

157
0
COMPARTILHAR

Projetos de startups de todo o País podem ser inscritos no 1° Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo (startups.turismo.gov.br), uma realização do Ministério do Turismo em parceria com o Wakalua Innovation Hub e colaboração da Organização Mundial do Turismo e a agência da ONU dedicada ao setor.

Até o dia 2 de setembro próximo serão aceitas propostas para participar da primeira edição do projeto criado há três anos pelo Globalia, um dos maiores grupos turísticos do mundo. O diretor geral da empresa espanhola, Lisandro Menu-Marque, explica que a competição consiste em convocar todas as startups empreendedoras ligadas ao turismo, com a participação das respectivas secretarias dos Estados e o MTur, para encontrar projetos, em diferentes categorias, que possam gerar uma nova indústria do turismo, não ligada à recepção de visitantes, mas à exportação de tecnologia, como fazem alguns países com muito sucesso. “O Brasil tem potencial nessa área de inovação”, destaca.

Segundo Menu-Marque, os projetos precisam estar em atividade e já causando efeito na sua área de atuação. “Não podem ser ideias. Buscamos iniciativas prontas, em operação, para atingir todo o País e daí para o mundo”, informa.

A avaliação de cada projeto tem como critérios modelo de negócios, sustentabilidade, escalabilidade, impacto potencial, perfil e histórico. Quanto a categorias, 11 contemplam o Desafio:

  • Segurança, saúde e bem-estar
  • Promoção do turismo interno e de nicho
  • Turismo social
  • Cancelamentos e trocas
  • Inserção digital de pequenos estabelecimentos, prestadores de serviços e comunidades
  • Adequação de experiências
  • Gestão e Operação Inteligente
  • Destinos inteligentes
  • Vistos e controles migratórios
  • Experiência do turista
  • Desenvolvimento sustentável e Economia Circular

Os melhores startups nacionais serão classificados para as semifinais da 3ª UNWTO Tourism Startup Competition – desafio global promovido pela OMT em colaboração com o Wakalua, polo global de inovação no setor – para disputar uma viagem a Madri (Espanha) para um programa de treinamento e participação na Fitur 2021.

“Haverá um vencedor no Desafio global. Mas os finalistas serão convidados para serem membros, durante um ano, do Wakalua ao redor do mundo, tanto no Brasil como em Madri, ou em outro escritório que estejamos abrindo. Além disso, na final do Wakalua, que acontece na Fitur, vamos apresentar esses projetos a líderes do turismo mundial na intenção de encontrar novos mercados para que possam ser implantados em qualquer país”, finaliza.

Leia também Mtur destina R$ 65 milhões para infraestrutura turística na região da Serra da Capivara

 

Deixe uma resposta