Início Alimentos e Bebidas A delícia dos vegetais na culinária turca

A delícia dos vegetais na culinária turca

1095
0
COMPARTILHAR

A Turquia é um país milenar, com uma cultura e uma história riquíssimas, que atravessam os séculos. Entre suas preciosidades, também tem uma gastronomia bem característica e muito saborosa, composta por receitas saudáveis, já que grãos e vegetais são consumidos em grandes quantidades na dieta do país.

O tipo mais simples e básico de prato incluindo vegetais é preparado geralmente cortando-se um legume principal, como a abobrinha ou a berinjela, combinados com tomates, pimentões e cebolas, que recebem um sabor especial pois são cozinhados lentamente na manteiga. Este é um prato simples para ser apreciado com pães frescos.

Já alguns vegetais são preferencialmente regados a azeite. Este seria o terceiro de uma refeição feita com “cinco pratos” – inciado por uma sopa e seguido de um prato principal, como arroz ou Börek (pequenos pastéis de massa recheada com carne, queijo, espinafre ou outros legumes) e um vegetal ou carne, antes da sobremesa e de frutas.

A culinária turca é baseada em vegetais acompanhados de carnes

Praticamente todos os vegetais, como os feijões frescos, alcachofras, raiz de aipo, berinjela, assim como o feijão ou a abobrinha, podem ser cozidos em azeite, e consumidos à temperatura ambiente.

Já para quem busca uma textura mais crocante, existem os legumes fritos: berinjela, pimentão e abobrinha são os mais consumidos, acompanhados de tomate ou molho de iogurte.

Mas, se o paladar pede por mais recheio, tem os “Dolma“, termo genérico para vegetais recheados, sendo um derivado do verbo “doldurmak” (preencher).

Existem duas categorias de Dolmas: aqueles com carne e outro com uma mistura de arroz. Este último, é preparado em azeite e apreciado em temperatura ambiente.

Já o de carne é considerado um prato principal e tem como acompanhamento o molho de iogurte. Qualquer vegetal que possa ser preenchido ou envolvido em torno dessas misturas pode ser usado como um Dolma: abobrinha, berinjela, tomate, repolho e folhas de uva.

No entanto, o pimentão verde com o recheio de arroz é o “rei” dos Dolmas. Um banquete turco real para os olhos e o paladar.

Além de todas as delicias já citadas acima, ainda existem numerosos pratos preparados com carne e vegetais que apresentam receitas únicas. Se falarmos só dos legumes, a berinjela tem um lugar de destaque na culinária turca.

Em uma festa, uma pergunta frustrante para fazer a um turco seria “Como você cozinha uma berinjela”? Uma resposta adequada exigiria horas! Mas dois pratos são obrigatórios. Em um deles, a berinjela é dividida longitudinalmente e preenchida com uma mistura de carne.

Este é um prato comum de verão, apreciado com arroz branco pilaf. O outra é o “Her Majesty’s Favourite“, um prato formal e delicado que não é fácil de fazer, mas vale a pena tentar. O nome refere-se à imperatriz Eugenie, a esposa de Napoleão III, que se apaixonou por ela em sua visita ao sultão Abdülaziz.

Istambul é o principal centro cultural e comercial

Localizada no Mediterrâneo, dividida entre os continentes asiático e europeu e separada pelo famoso Estreito da Turquia, sua geografia é rica e permite diferentes modelos climáticos, que vão do oceânico ao mediterrâneo.

A Turquia faz fronteira com 8 países e tem Ancara como capital, enquanto Istambul é a maior cidade e principal centro cultural e comercial, abrigando o Grand Bazaar, ponto turístico que reúne mais de 4 mil lojas e recebe milhares de visitantes por dia.

Com uma população de aproximadamente 80 milhões, o país abriga diversas cidades encantadoras como Bodrum, Antália, Kusadasi, Göreme, além de ter um povo afetuoso e hospitaleiro e gastronomia riquíssima.

Leia também Tour gastronômico revela verdadeira culinária italiana

Deixe uma resposta