Início Destinos Vale dos Vinhedos se revela região de descobertas em nova estação

Vale dos Vinhedos se revela região de descobertas em nova estação

41
0
COMPARTILHAR

A recuperação da malha viária em boa parte do Rio Grande do Sul recoloca o turismo doméstico como um dos protagonistas para a retomada econômica do estado. Neste cenário, Bento Gonçalves desponta como direção para acelerar a atividade, com seus atrativos como o charmoso Vale dos Vinhedos.

Vale dos Vinhedos se revela região de descobertas em nova estação

O mais famoso e completo destino enoturístico brasileiro, aliás, se renova nesta época do ano, quando as férias escolares se aproximam e a temporada de frio proporciona novas óticas sobre suas paisagens. Para quem quiser aproveitar os dias de folga, viajar para lá está seguro, o que torna o destino também ideal para os gaúchos que precisam remarcar o destino de suas férias por conta da operação restrita de aeroportos.

As principais rodovias gaúchas que levam ao Vale, sejam saindo da Região Metropolitana ou da Serra, sejam da Fronteira Oeste ou do Sul, estão liberadas. Livre também estão as vias vicinais do Vale, permitindo, desse modo, que ele possa ser explorado em sua totalidade.

É um convite irrecusável para descobrir vinícolas e restaurantes de um Vale sempre em ebulição, cuja vocação está centrada na oferta de experiências. Mas significa, também, acessar o maior tesouro do lugar: sua cultura. Ela é um componente essencial para compreender o Vale e por oferecer, junto com o clima e o solo, as características únicas dos vinhos de Denominação de Origem da região.

Os vinhos compõem, por sinal, um elemento não só genuíno da gente do Vale como também uma companhia para curtir a estação. Com uma taça em mãos, contemplar as videiras nuas, que se insinuam à vista, marcam a retina contabilizando novas memórias. Assim como degustar a bebida em frente a lareira de um hotel ou saborear uma refeição com a família no aconchego de um restaurante.

A chegada das férias de julho aparece, portanto, em boa hora para o Vale. Uma ocasião para reposicionar o destino como central para todos os amantes de vinho no Brasil e também para garantir a continuidade dos empreendimentos do local.

“A retomada nos permite projetar o Vale sempre dentro de uma harmonia sustentável, como sempre foi. É importante para o roteiro, é importante para os empreendimentos, e é importante para o público, que encontra aqui um terroir único conjugado a diversas opções de lazer. Venham nos visitar, estamos 100% operantes para mostrar nossa hospitalidade”, comenta Ronaldo Zorzi, presidente da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale), que congrega quase 100 estabelecimentos, sendo 30 deles vinícolas.

Separamos, dentro desse universo, algumas opções que, além de serem um ponto de partida para realizar descobertas do Vale, unificam experiências em família.

Vale dos Vinhedos se revela região de descobertas em nova estação
Lindas paisagens também no inverno no Vale dos Vinhedos. Crédito: Gilmar Gomes

Para se hospedar

O Hotel Villa Michelon, no 8 da Graciema, é ideal para quem gosta de se hospedar com tradição, tendo a família junto. Com vistas deslumbrantes e serviço primoroso, o empreendimento chega renovado de atrativos para o inverno, entretendo as crianças com uma série brincadeiras. Por lá, os hóspedes encontram mini fazendinha, trilhas ecológicas, piscina aquecida, parquinho e esportes radicais.

Para quem gosta de se hospedar se sentindo parte do lugar que visita, a Vigneto Octávio, no 15 da Graciema, aproxima esse conceito, convidando a curtir uma verdadeira casa do interior. E desfrutar de toda paz do campo proporcionada pelos nichos de descanso ao ar livre, a fim de curtir as paisagens da região. Dentro da casa, aquele toque rústico típico das residências da colônia, com comodidades como lareira, split e wifi. Uma pedida e tanto para ir com amigos ou em família. A Vigneto Octávio ainda tem cozinha completa e é pet friendly.

Para comer

Na parte de Garibaldi do Vale dos Vinhedos, coladinho a Bento Gonçalves, o Valle Rustico é sempre uma experiência diferente, com seu menu degustação sazonal. Ali, tudo funciona a partir da filosofia slow food, com ingredientes regionais fornecidos por produtores locais e pela própria produção do restaurante – localizado em meio a uma área verde, fazendo mais jus à cozinha de natureza proposta pelo chef Rodrigo Bellora, escolhida uma das 100 melhores do país pela Exame.

Outro deleite gastronômico – e visual – é o Pipas Terroir. O charmoso espaço conjuga pousada – os quartos estão dentro de pipas que armazenavam vinho – e restaurante com varanda com bela vista para vinhedos. A chegada do inverno inspirou o restaurante a criar um novo menu para celebrar a nova estação. O Menu Inverno, à la carte, recém foi lançado na casa, oferecendo mais um motivo para desvendar seus – deliciosos – sabores.

Vale dos Vinhedos se revela região de descobertas em nova estação
Vale dos Vinhedos é opção para curtir o inverno na Serra gaúcha. Crédito: Gilmar Gomes

Para passear

O VistaVino é um dos mais recentes empreendimentos do Vale, situado num dos lugares mais altos da região, o que proporciona vistas incríveis. Esse complexo enoturístico reúne, num único local, pizzarias, restaurantes, hamburgueria, gelateria e empório, com lindos jardins e decks em diferentes níveis para curtir toda atmosfera do local.

O Sabrage Jardim e Gastronomia, no trevo onde as linhas Leopoldina e e Graciema se encontram, é um amplo gramado repleto de áreas de descanso para curtir comidinhas como empanadas, pizzas e tábuas de frio, além de vinhos, espumantes, drinks e sodas italianas. O espaço dispõe de parquinhos para as crianças, com uma série de brinquedos, conjugando uma bela experiência familiar – que ainda pode incluir os pets – para desfrutar o dolce far niente em meio à natureza do Vale.

As crianças também podem ser incluídas em visitação a vinícolas. Na Cave do Sol, na frente da Sabrage, há um passeio adaptado para elas, no qual a estrela é o suco de uva – uma boa maneira para ensinar, desde pequenos, a valorização dos produtos naturais. Sucos, geleias e muitas histórias também fazem parte da Famiglia Tasca.

Na parte do Vale localizada em Monte Belo do Sul, o empreendimento promove uma volta ao passado no casarão da família, com um museu repleto de objetos que marcaram a vida dos imigrantes e seus descendentes. Algumas opções no Vale também podem sair do circuito uva e vinho, já que opção não falta por lá.

Uma boa pedida é visitar a Biscotteria Itallinni e conhecer um sabor que lembram as delícias da vovó. Os biscottis, por exemplo, têm sabores como Manjericão e Vinho com Passa de Uva. Outro passeio com proposta à parte é o Cini Microcars Collection. O lugar é um museu que reúne mais de 25 pequenos carros desenvolvidos pela indústria automobilística mundial dos anos 1930 a 1990. Pode ter certeza: alguns deles, você só verá por lá.

No site do Vale dos Vinhedos há mais opções de passeios. Acesse aqui e descubra o Vale por completo.

Leia também Lei sanciona criação da rota turística do Caminho das Missões, no Rio Grande do Sul