Início Cultural Festival Circos chega à 5ª edição no Sesc São Paulo

Festival Circos chega à 5ª edição no Sesc São Paulo

103
0
COMPARTILHAR

O Circos – Festival Internacional Sesc de Circo completa cinco edições. O evento se reafirma como espaço de encontro para a produção contemporânea circense brasileira e estrangeira. Serão espetáculos, intervenções e atividades formativas que, em 11 dias, circularão por unidades do Sesc na capital e Guarulhos.

Além do Brasil, 19 países estão presentes na programação. Entre eles: Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, Chile, Equador, Espanha, Estados Unidos e Finlândia. Além de França, Itália, Marrocos, México, Peru, Portugal, Quênia, Reino Unido, Rússia e Suécia.

O festival promove o encontro entre artistas de diferentes culturas, técnicas e habilidades. Entre elas: acrobacia, malabarismo, equilibrismo, palhaçaria e ilusionismo. Atento a uma tendência mundial, também aposta na integração com outras linguagens. Há interações com dança, música, teatro e cinema.

“A relevância das expressões artísticas reside nas conexões com as coisas do mundo. E, nesse sentido, a experiência do circo sugere um elemento para inspirar a ação cultural: o trabalho coletivo”, destaca o diretor do Sesc São Paulo, Danilo Santos de Miranda sobre o Circos – Festival Internacional Sesc de Circo.

“O evento apresenta em sua quinta edição espetáculos de diversas origens. A essência reside na ação coletiva, nas quais o protagonismo individualizado cede espaço para a concepção plural”, completa Santos.

Circos apresenta espetáculos com artistas de diversos países

São 23 espetáculos, com representantes de 20 países e de diferentes estados brasileiros. Uma estreia mundial (Ex-libris, da Espanha) e 14 inéditos no país. Entre eles Smashed, da companhia Gandini Juggling, selecionado para a abertura do festival.

O espetáculo britânico, cujo desenho de movimento é inspirado em trabalhos da coreógrafa alemã Pina Bausch, trabalha a sincronia entre técnicas tipicamente circenses – como o malabarismo – e elementos do universo coreográfico.

Entre os brasileiros, Das cinzas coração simula um filme mudo dos anos 1920, por meio de figurinos, maquiagem e efeitos de iluminação. Além de palhaçaria e o humor crítico para discutir a desigualdade de gênero.

Já Bubuia, indicado para a primeira infância, instiga a imaginação e a percepção sensorial a partir do conto de Guimarães Rosa “A terceira margem do rio”.

Algumas atrações envolvem artistas e produtores de mais de um país. Maiador, com produção brasileira e francesa, traz números de acrobacia, equilíbrio e capoeira. Tudo ao som de samba de roda e baião.

A intervenção Os pássaros do Lido reúne 15 artistas de oito países que usam técnicas da dança contemporânea, acrobacias aéreas e malabarismo para abordar as relações sociopolíticas e a importância da coletividade no mundo atual.

As oficinas são para adultos e crianças

Atividades formativas reforçam a pauta, ampliando a reflexão sobre o espaço da direção e da dramaturgia na criação das obras circenses, analisando as produções, seus contextos, críticas e estéticas, compartilhando conhecimentos em um laboratório de produção e introduzindo técnicas e princípios das habilidades circenses de forma prática em estações de circo para crianças e adultos.

O Circos acontecerá em várias unidades do Sesc: Avenida Paulista, Belenzinho, Bom Retiro, Campo Limpo, Carmo, Centro de Pesquisa e Formação, CineSesc, Consolação, Ipiranga, Itaquera, Parque Dom Pedro II, Pinheiros e Vila Mariana ,– e no recém-inaugurado Sesc Guarulhos.

A programação completa está disponível em sescsp.org.br/circos. A venda de ingressos acontece por este mesmo endereço e em todas as unidades do Sesc São Paulo.

Clique aqui e veja outros eventos pelo Brasil

Deixe uma resposta