Início Esportes Copa Truck: Goiânia abre temporada com freios e corridas quentes

Copa Truck: Goiânia abre temporada com freios e corridas quentes

330
0
COMPARTILHAR

A abertura da temporada 2023 da Copa Truck foi um verdadeiro espetáculo dentro da pista com 30 caminhões disputando cada centímetro de asfalto.

O público encheu as arquibancadas e camarotes e o quente início de tarde na capital de Goiás valeu a pena. Vitórias para Felipe Giaffone na corrida 1 e Jaidson Zini na segunda prova – este subindo pela primeira vez no alto do pódio da Copa Truck.

Foi a terceira vitória de Giaffone em Goiânia na categoria – o recordista ainda é Beto Monteiro, com cinco. O pernambucano fez um quarto e um segundo lugares no final de semana. Do lado de Giaffone, que estreia um projeto inovador na Copa Truck, com um Volkswagen híbrido – motor movido a diesel e outro elétrico alimentado por bateria. No entanto, pelo regulamento, Giaffone só pode usar a potência elétrica durante os treinos livres.

Mesmo sem o sistema, ele fez a pole position no sábado – sua quinta pole em Goiânia na Copa Truck, recordista absoluto -, e venceu a primeira corrida após intensa disputa com o companheiro de equipe André Marques. Roberval Andrade fechou o pódio em terceiro com o Mercedes-Benz da ASG Motorsport.

“O André (Marques) foi muito duro. Estávamos com ritmo parecido: ele mais forte nos trechos rápidos e eu no miolo do circuito. Foi pé embaixo o tempo todo, uma disputa muito legal, dentro dos limites. Ele chegou a me passar, eu passei de volta, e foi muito bacana”, comemorou Giaffone, que na segunda prova pontou com o 11º lugar após ter cumprido uma passagem obrigatória pelos boxes por excesso de alertas de fumaça.

Jaidson Zini, Paulo Salustiano, Adalberto Jardim e Débora Rodrigues fecharam os oito primeiros que inverteram as posições para a largada da segunda prova. O circuito de 3.853 metros é seletivo, com trechos velozes seguidos por freadas fortes e contornos mais lentos, e sua reta principal é uma das maiores de todo o calendário, com um quilômetro de extensão. São 12 curvas – sete à direita e cinco à esquerda.

Copa Truck Goiânia abre temporada com freios e corridas quentes
E Zini venceu pela primeira vez na categoria (Rafa Catelan/P1 Media Relations)

Jardim assumiu a liderança e Débora passou a ser atacada primeiro por Paulo Salustiano, depois por Jaidson Zini, Beto Monteiro e em seguida Felipe Giaffone e André Marques no decorrer da prova. O então líder acabou excluído da prova por não ter cumprido a passagem obrigatória pelos boxes como punição por queima de largada.

Depois da primeira saída do safety truck, Zini era o segundo colocado, atrás de Adalberto Jardim, que acabou excluído. Salustiano abandonou após sair da pista na sexta volta.

Zini soube controlar o ritmo e segurar o ímpeto dos adversários, especialmente Beto Monteiro e Débora Rodrigues, que fecharam os três primeiros com destaque para o estreante Victor Franzoni terminando a prova em quarto. Raphael Abbate, Luiz Lopes, Danilo Alamini, o campeão Wellington Cirino em sua estreia pela Iveco, André Marques e Leandro Totti fecharam os dez primeiros.

“Sensacional. A gente trabalhou bastante na pré-temporada e durante os treinos esse fim de semana. Ano passado batemos na trave algumas vezes e o objetivo esse ano passou a ser lutar por vitórias e ajudar a equipe ASG Mercedes-Benz no campeonato. Nada melhor que começar o ano vencendo. Se Deus quiser a gente vai conseguir mais disso durante o ano”, disse o piloto paranaense.

Ao final da corrida, o asfalto do autódromo Ayrton Senna registrava 51,9ºC segundo as medições da Fras-le. “As corridas foram bastante exigentes com o sistema de freios. Apesar das bandeiras amarelas, que ajudam a resfriar discos e pastilhas, ainda assim a temperatura dos freios subiu bastante, em parte porque o asfalto também estava acima dos 50 graus. Isso exige bastante das pastilhas, mas absolutamente sem nenhum tipo de comprometimento à segurança e à durabilidade. Então, da parte da Fras-le, mais uma vez o nosso objetivo de entregar material de qualidade à categoria foi alcançado”, avaliou Roger Lusa, engenheiro de aplicação da Fras-le, fornecedora oficial das pastilhas de freio da Copa Truck.

Na categoria Super, as vitórias foram de Fábio Fogaça e Evandro Camargo. A segunda etapa da Copa Truck 2023 acontece no dia 30 de abril no Autódromo Internacional José Carlos Pace no bairro de Interlagos, em São Paulo (SP).

A Fras-le segue pelo terceiro ano consecutivo como fornecedora oficial e exclusiva das pastilhas de freio da Copa Truck. A empresa é a maior fabricante de materiais de fricção da América Latina e uma das líderes mundiais no segmento. A empresa, fundada em 1954 em Caxias do Sul (RS), oferece produtos de qualidade e foco na segurança e no controle de movimentos nas ruas, estradas, pistas de pouso, trilhos e também pelos autódromos do país por meio do fornecimento oficial e exclusivo de pastilhas de freio à Copa Truck e também à Stock Car.

Copa Truck Goiânia abre temporada com freios e corridas quentes
Felipe Giaffone (dir) e Jaidson Zini (esq), os vencedores da Truck em Goiânia (Rafa Catelan/P1 Media Relations)

Resultados extra-oficiais

Corrida 1 (top-10)
  1. 4 Felipe Giaffone (VW/R9 Competições)
  2. 77 André Marques (VW/R9 Competições)
  3. 15 Roberval Andrade (MB/ASG Motorsport)
  4. 88 Beto Monteiro (VW/R9 Competições)
  5. 25 Jaidson Zini (MB/ASG Motorsport)
  6. 55 Paulo Salustiano (VW/Odapel R9)
  7. 5 Adalberto Jardim (MB/AJ5 Ecosports)
  8. 7 Débora Rodrigues (VW/R9 Competições)
  9. 26 Raphael Abbate (MB/ASG Motorsport)
  10. 10 Luiz Lopes (MB/ASG Motorsport)

*VW: Volkswagen / MB: Mercedes-Benz / IVE: Iveco / VOL: Volvo

Corrida 2 (top-10)
  1. 25 Jaidson Zini (MB/ASG Motorsport)
  2. 88 Beto Monteiro (VW/R9 Competições)
  3. 7. Débora Rodrigues (VW/R9 Competições)
  4. 23 Victor Franzoni (MB/Tiger Team)
  5. 26 Raphael Abbate (MB/ASG Motorsport)
  6. 99 Luiz Lopes (MB/ASG Motorsport)
  7. 0 Danilo Alamini (VW/R9 Competições)
  8. 1 Wellington Cirino (IVE/Usual Racing)
  9. 77 André Marques (VW/R9 Competições)
  10. 73 Leandro Totti (VOL/Vanucci Racing)

*VW: Volkswagen / MB: Mercedes-Benz / IVE: Iveco / VOL: Volvo

Classificação do campeonato – categoria Pro (extra-oficial)
  1. Jaidson Zini – 33 pontos
  2. Beto Monteiro – 32
  3. Felipe Giaffone – 27
  4. André Marques – 27
  5. Débora Rodrigues – 26
  6. Roberval Andrade – 22
  7. Raphael Abbate – 22
  8. Victor Franzoni – 20
  9. Luiz Lopes – 20
  10. Danilo Alamini – 10
    Leia outras matérias sobre eventos esportivos