Início Destaque Congresso Brasileiro dos Promotores de Eventos acontece em BH

Congresso Brasileiro dos Promotores de Eventos acontece em BH

281
0
COMPARTILHAR

O III Congresso Brasileiro dos Promotores de Eventos acontece na capital mineira nos dias 27 e 28 de novembro e abordará diversos temas sobre o setor. Entre eles, a cobrança do ECAD, Meia Entrada e Vale Cultura. Thedy Corrêa (Nenhum de Nós), Serginho (Presidente da Liga das Escolas de Samba de São Paulo) e Zé Ricardo (curador do Palco Sunset do Rock in Rio) estão entre os palestrantes confirmados.

O evento será realizado no Expominas (Av. Amazonas, 6200 – Gameleira, Belo Horizonte). Mais informações, programação completa e inscrições: www.abrape.art.br

O terceiro congresso, realizado pela ABRAPE – Associação Brasileira dos Promotores de Eventos – trará importantes nomes do mercado de entretenimento. A iniciativa é direcionada a profissionais de toda a cadeia de eventos.

O vocalista da banda Nenhum de Nós, Theddy Correa apresenta palestra no evento

O músico, compositor e apresentador, Thedy Corrêa, vocalista da banda Nenhum de Nós, será um dos palestrantes do evento. O gaúcho abordará o tema “O Impacto da música na vida das pessoas”. Ele discutirá a união de dois universos aparentemente tão distantes, a música e o mundo dos negócios. Além de tópicos como trabalho em equipe, gerenciamento de crises, inovação e liderança.

Quem também palestrará no Congresso é o Presidente da Liga das Escolas de Samba do grupo especial de São Paulo desde 2009, Paulo Sergio Ferreira (Serginho). Além de Zé Ricardo, músico e atual curador do palco Sunset do Rock in Rio. Eles ficarão encarregados de apresentar os desafios na realização de grandes eventos e festivais. A ideia é que eles possam passar também um pouco das suas experiências na liderança de equipes.

As palestras reuniram excelente público durante o evento

III Congresso Brasileiro dos Promotores de Eventos discutirá cobrança de ECAD

Outras importantes discussões serão tratadas durante o congress. Entre elas, a polêmica forma de cobrança do ECAD, a tão discutida Meia Entrada, a Lei Rouanet e o Vale Cultura, além de questões técnicas como planejamento tributário, redes sociais, gestão de carreiras, vendas, mídias, arquitetura de eventos e tecnologias no setor.

“O Congresso é ótima oportunidade para se atualizar, capacitar, entender um pouco mais a cadeia produtiva do setor de eventos, aumentar o networking, rever amigos, parceiros, fornecedores, contratantes e conhecer outros profissionais de eventos de várias regiões do Brasil. Outro ponto muito positivos é para os fornecedores apresentarem seus produtos/serviços, potencializando a captação de novos clientes.”, garante Carlos Alberto Xaulim, presidente da ABRAPE.

Fotos da edição 2017: Bianca Crispim

Deixe uma resposta