Início Agências de Viagem e TMCs Cataratas e Muralha da China serão promovidas em parceria inédita

Cataratas e Muralha da China serão promovidas em parceria inédita

226
0
COMPARTILHAR

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, o prefeito de Puerto Iguazu, Claudio Filippa e autoridades da Administração de Pequim, na China, assinaram, no dia 26 de junho, o Memorando de Entendimento de Cooperação e Amizade entre a Região Turística da Grande Muralha, em Badaling, na China, e a Região Turística das Cataratas do Iguaçu, no Brasil e Argentina.

A parceria inédita visa promover conjuntamente as Cataratas do Iguaçu e as Muralhas da China. A ideia é fortalecer a imagem do Destino Iguaçu com base nos títulos das Cataratas como uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza. O reconhecimento aconteceu em 2011. Já a Muralha da China foi eleita em 2007 como uma das Maravilhas do Mundo Moderno.

“São dois grandes atrativos, a Muralha da China e as Cataratas do Iguaçu, que têm relevância mundial. A parceria visa fortalecer o potencial turístico dessas duas Maravilhas. O objetivo é atrair mais visitantes para os três países (Brasil, Argentina e China)”, destacou Chico Brasileiro. 

O acordo prevê a cooperação técnica na promoção e divulgação mútua dos recursos turísticos. Seja por meio de materiais institucionais ou através da internet e outros canais oficiais. 

As partes reforçarão a divulgação de produtos turísticos, incluindo a cooperação entre agências de viagens. A parceria ainda estabelece rotas e serviços para compartilhar a clientela e aumentar a participação no mercado.

“Hoje as Cataratas do Iguaçu, em Puerto Iguazu, representam o segundo destino mais visitado da Argentina. O trabalho conjunto representa um avanço para o futuro do turismo na região”, disse o prefeito da cidade argentina. 

Autoridades do Brasil, Argentina e China assinaram o documento no dia 26 de junho

Foz do Iguaçu passou a fazer parte da WTCF

Na ocasião, Foz do Iguaçu também passou a fazer parte da Federação Mundial de Cidades Turísticas (WTCF). A organização internacional de turismo possui atualmente 140 membros. São destinos, agências de viagens, companhias aéreas, redes hoteleiras, instituições financeiras e veículos de mídia de vários países. 

A cidade é a segunda brasileira a integrar o quadro da WTCF. A primeira foi Belo Horizonte. A filiação de Foz será referendada em evento da instituição, em setembro, na Finlândia. 

“A entrada de Foz do Iguaçu, segundo destino de turistas estrangeiros a lazer no Brasil, é muito importante para a WTCF. A cidade se junta a grandes destinos turísticos dos Estados Unidos, Canadá e outros países”, explicou o secretário Geral da WTCF, Li Baochum. 

Ao fazer parte da organização, que possui sede em Pequin, na China, Foz do Iguaçu pode aumentar a atração de visitantes. A meta é desenvolver  produtos turísticos em parceria com outros destinos e empresas do setor, que compõem a WTCF.

Isso acontece por meio da participação em feiras internacionais, organizadas pela federação. Além da divulgação e promoção em plataforma própria da WTCF, acesso a investimentos e financiamento de projetos turísticos por meio da instituição e criação de novos roteiros e planos de marketing, disponibilizadas pela organização chinesa. 

“Em setembro vamos levar a candidatura de Foz do Iguaçu para sediar um dos eventos da WTCF na América Latina”, afirmou o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.

Leia também Turismo de conservação promove melhorias ambientais e socioconômicas

Deixe uma resposta